Notícias

Banca de DEFESA: ELISMAR ALVES DA SILVA DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ELISMAR ALVES DA SILVA DOS SANTOS
DATA: 29/04/2024
HORA: 09:00
LOCAL: Centro de Ciências Humanas e Letras - via google meet
TÍTULO: AGRICULTURA URBANA NA CIDADE DE TIMON – MA: UMA ALTERNATIVA VIÁVEL DE TRABALHO E RENDA ÀS FAMÍLIAS TIMONENSES
PALAVRAS-CHAVES: Agricultura urbana; Espaço urbano; Impactos socioespaciais; Inclusão socioeconômica
PÁGINAS: 157
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
SUBÁREA: Geografia Humana
ESPECIALIDADE: Geografia da População
RESUMO:

RESUMO

O crescimento desordenado das cidades brasileiras e do seu contingente populacional fizeram surgir graves problemas sociais urbanos, tais como: a fome e o desemprego, especialmente entre populações urbanas mais carentes. Como resposta, a agricultura, atividade típica do rural, passou a ser praticada também no espaço urbano, contribuindo para a geração de impactos socioespaciais, além de permitir o acesso ao trabalho, à renda e aos alimentos; melhorando a qualidade ambiental e paisagística dos locais onde estão instaladas. A Agricultura Urbana (AU), considerada atividade de caráter multifuncional, tem grande potencial para beneficiar a vida das populações das cidades. Nesse sentido, o espaço urbano e a agricultura urbana são as principais categorias teóricas analisadas, a partir de diálogos de pesquisadores sobre a urbanização, o espaço urbano e o rural, como: Lefebvre (2001; 2013); Milton Santos (1979, 1994, 1999, 2008); Corrêa (1995); Ana F. Carlos (2007), além de trabalhos específicos sobre agricultura urbana realizados por Mougeot (2000b; 2005); Santandreu e Lovo (2007); Ferreira (2009; 2013); Machado e Machado (2002); Oliveira (2001); Maia (1999; 2000) e inúmeros outros que evidenciam a importância científica da agricultura urbana, sua multifuncionalidade e suas potencialidades. Esta pesquisa foi realizada com o objetivo de investigar os impactos socioespaciais resultantes da agricultura urbana, abordando as mudanças nas áreas citadinas, bem como a inclusão socioeconômica das famílias na cidade de Timon – MA; e suas contribuições na produção de efeitos socioespaciais aos timonenses, permitindo a complementação de renda nas áreas onde estão instaladas. A investigação foi feita a partir de uma abordagem qualitativa. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas aplicadas a autoridades e aos técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) que acompanham as hortas urbanas em Timon, além de entrevistas com os agricultores urbanos das hortas do bairro Mutirão, São Marcos (CSU) e Vila do Bec, situadas no perímetro intraurbano de Timon. Usamos uma metodologia baseada na pesquisa bibliográfica, na pesquisa de campo e na análise qualitativa dos dados, para conhecer as mudanças produzidas no local, e ressaltar as contribuições destas atividades para a melhoria da vida das famílias carentes. Portanto, ao final da pesquisa, diante dos dados obtidos, evidenciamos que esta atividade contribui para gerar impactos socioespaciais, cidadania e transformações diversas ao espaço urbano timonense, de forma efetiva e concreta


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 423676 - ANTONIO CARDOSO FACANHA
Externo à Instituição - ANTONIO PAULINO DE SOUSA - UFMA
Presidente - 1167728 - CARLOS SAIT PEREIRA DE ANDRADE
Notícia cadastrada em: 24/04/2024 06:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 16/06/2024 07:06