Notícias

Banca de DEFESA: DANIELLE MARIA DA COSTA MARQUES SAMPAIO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DANIELLE MARIA DA COSTA MARQUES SAMPAIO
DATA: 23/08/2019
HORA: 10:00
LOCAL: SALA 317 - CCHL
TÍTULO: CIBERCULTURA E EDUCAÇÃO: OS SENTIDOS ATRIBUÍDOS PELOS ESTUDANTES DE ENSINO MÉDIO NA UTILIZAÇÃO DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM DE UMA ESCOLA DE TERESINA - PI
PALAVRAS-CHAVES: Educação. Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDICs). Jovens. Ensino-Aprendizagem.
PÁGINAS: 87
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Sociologia
RESUMO:

Este trabalho trata das reflexões acerca dos sentidos atribuídos pelos estudantes do Ensino Médio sobre a utilização das Tecnologias Digitais da Comunicação e Informação – TDICS no processo de ensino-aprendizagem. A escola escolhida para o desenvolvimento do estudo foi a Unidade Escolar Dom Severino de Teresina- PI. Constituindo-se num estudo qualitativo, essa dissertação parte da perspectiva metodológica da reflexibilidade de Giddens (2003) a partir dos sentidos atribuídos por esses jovens em relação à utilização das TDICS, no processo de ensino-aprendizagem. Com essa finalidade, como instrumento de construção de dados foi utilizado o “mapa de associação de ideias de Spink” (2010) no intuito de visualizar os conteúdos presentes nas práticas discursivas e na produção de sentidos no cotidiano dos jovens, agentes sociais, coletados através de rodas de conversa e questionários abertos. No tocante a problemática central do estudo “quais os sentidos atribuídos pelos jovens estudantes de ensino médio na utilização das tecnologias digitais no processo de ensino-aprendizagem?” observou-se que os sujeitos dessa pesquisa, de uma maneira geral atribuem às TDCIS ferramentas essenciais na busca, construção e compartilhamento de conhecimentos. Estando as mesmas para esses sujeitos inerentes não somente à vida cotidiana de uma maneira geral mas também ao processo de ensino-aprendizagem caracterizando-se como instrumentos de interação social e de comunicação. E como importância social, esse tema torna-se relevante no sentido de promover um estudo científico relacionado à utilização das tecnologias digitais pelos jovens, sua relevância na formação docente e discente e na promoção da inclusão digital ao discutir a cibercultura na educação. Podendo também contribuir para construção de mecanismos sociais que viabilizem a inclusão digital e a utilização positiva do ciberespaço, como também a construção de políticas públicas e projetos pedagógicos voltados para as juventudes.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1859186 - FAUSTON NEGREIROS
Interno - 1628577 - FRANCISCO MESQUITA DE OLIVEIRA
Presidente - 1756788 - SAMUEL PIRES MELO
Notícia cadastrada em: 12/08/2019 16:33
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 04/06/2020 15:37