Notícias

Banca de DEFESA: MARISOL DANTAS ANDRADE

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARISOL DANTAS ANDRADE
DATA: 08/07/2022
HORA: 15:00
LOCAL: AMBIENTE VIRTUAL
TÍTULO: VELHICES NA PANDEMIA: a escuta sensível de vozes e perspectivas de pessoas idosas através do telefonema acolhedor.
PALAVRAS-CHAVES: Velhices. Pandemia. Escuta. Telefonema Acolhedor.
PÁGINAS: 114
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Sociologia
RESUMO:

Este estudo foi desenvolvido com o intuito de demonstrar os desafios do envelhecer
durante o enfrentamento da pandemia da Covid-19, a partir da escuta de idosos
participantes da Ação Emergencial Telefonema Acolhedor, uma das intervenções do
Programa de Extensão Universitária para Pessoas Idosas - PTIA na Comunidade, da
Universidade Federal do Piauí. O problema que norteia a presente pesquisa, questiona
como a escuta pelo Telefonema Acolhedor pode ser instrumento de acolhimento e
cuidado aos idosos durante a pandemia da Covid-19, em Teresina – PI? Tem por
objetivo geral: Compreender como o Telefonema Acolhedor promove o acolhimento
das necessidades físicas e emocionais dos idosos que são atendidos e pela Ação, durante
o período pandêmico. E por objetivos específicos: relacionar as diversas vertentes do
envelhecer durante a pandemia e suas implicações na sociedade contemporânea;
demonstrar como o uso de mídias sociais pode interferir no isolamento social imposto
pela pandemia; correlacionar a escuta como mecanismo de cuidado, através da narrativa
dos idosos e enfatizar os maiores desafios enfrentados pelos idosos, no ambiente
familiar, no período de pandemia. A discussão teórica foi fundamentada em
BEAUVOIR(1970), BOBBIO(1997), DEBERT(1999), FRAIMAN(2016),
GOLDEMBERG(2013), LISPECTOR(1998), MINAYO(2002), MORIN(2020),
SANTOS(2019), SANTOS(2009;2020), SCHIRRMACHER(2005).
THOMPSON(1992). Para que os objetivos propostos fossem atendidos, na
metodologia, fez-se o uso de narrativas/ história oral como instrumento de pesquisa e
como fonte documental, com informações coletadas semanalmente por meio de
chamadas telefônicas, vídeo chamadas, mensagens de texto, de áudios e diálogos, que
permearam sobre diversos temas inerentes à realidade de cada um dos sete idosos
acompanhados por mim, enquanto voluntária do Telefonema Acolhedor, durante
aproximadamente cinquenta e duas semanas. Nessa relação dialógica com as pessoas
idosas pude compartilhar de suas experiências, anseios, desejos, medos, necessidades
físicas, emocionais e a percepção dos idosos sobre a representação das suas velhices.
Observo que a ferramenta de escuta e o uso de mídias sociais vem contribuindo de
modo significativo para minimizar o impacto do distanciamento social e dos desafios
físicos, psíquicos e econômicos que acompanham o processo de envelhecimento neste
período de pandemia atual.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANTONIO CRISTIAN SARAIVA PAIVA - UFC
Interno - 1167589 - FRANCISCO DE OLIVEIRA BARROS JUNIOR
Presidente - 4221710 - MARIA ROSANGELA DE SOUZA
Notícia cadastrada em: 27/06/2022 11:23
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 15/08/2022 15:16