Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: GEYSON IGO SOARES MEDEIROS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GEYSON IGO SOARES MEDEIROS
DATA: 31/07/2018
HORA: 09:00
LOCAL: on line
TÍTULO: AVALIAÇÃO DO ACOLHIMENTO PRESTADO PELOS CIRURGIÕES DENTISTAS NA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA
PALAVRAS-CHAVES: Dentista; Acolhimento; Atenção primária; Paciente
PÁGINAS: 67
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Saúde Coletiva
RESUMO:

A atuação efetiva do cirurgião dentista na atenção primária a saúde impele uma relação existente não só entre o profissional e o paciente, mas o envolvimento de um contexto amplo, que vai desde o serviço até a família e a comunidade. Atingir tal nível de efetividade requer do profissional, o exercício de competências como o acolhimento. Práticas de acolhimento na odontologia podem ser consideradas imprescindíveis à melhoraria da qualidade da assistência pois ao executa-las, o cirurgião dentista possibilita a criação de vínculo entre o paciente e a equipe odontológica. O estudo objetivou avaliar o acolhimento prestado pelos cirurgiões dentistas, segundo os usuários da estratégia de saúde da família. Trata-se de um estudo transversal, realizado no período de outubro a dezembro do ano de 2017. Participaram da pesquisa 214 usuários dos serviços                odontológicos da estratégia de saúde da família do município de Teresina-Piauí. Os dados foram coletados utilizando o instrumento de avaliação da atenção primária, Primary Care Assessment Tool-Saúde Bucal, que permitiu investigar as variáveis: perfil sociodemográfico, grau de afiliação e atributos do acolhimento. Os dados foram analisados no Statistical Package for the Social Sciences (SPSS®), versão 18.0. As variáveis quantitativas foram descritas pelas medidas de média, desvio padrão e mediana, além dos valores mínimo e máximo; as variáveis qualitativas foram analisadas em termos de frequências simples e relativas. O estudo foi aprovado pelo         Comitê de Ética em Pesquisa com parecer nº 2.216.519. Os atributos relacionados ao acolhimento prestado pelos dentistas, de modo geral, não receberam boas avaliações segundo a escala, onde 0 era o menor valor atribuído e 10 o maior valor atribuído: “Acesso de primeiro contato” (média 8,25); “Orientação familiar” (média 6,64) e “Longitudinalidade” (média 6,04); demostrando, que apesar do acesso aos serviços odontológicos primários e o encaminhamento para serviços de maior complexidade, tenham sido qualificados positivamente, evidenciaram-se falhas no processo de comunicação/interação profissional/paciente. Os achados sugerem que apesar do vínculo revelado entre dentistas e usuários da estratégia de saúde da família, os profissionais avaliados necessitam desenvolver aspectos cognitivos, afetivos e comportamentais inerentes ao acolhimento, tais como diálogo e escuta qualificada, bem como, incorpora-los na rotina do atendimento odontológico. Concernindo aos gestores, que invistam em estratégias de qualificação e capacitação desses profissionais.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 2970511 - LILIAN MACHADO VILARINHO DE MORAES
Interno - 1549654 - MALVINA THAIS PACHECO RODRIGUES
Presidente - 3367697 - MARCIO DENIS MEDEIROS MASCARENHAS
Externo à Instituição - RAONY MOLIM DE SOUSA PEREIRA - UESPI
Notícia cadastrada em: 13/07/2018 12:09
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 17/01/2021 04:11