Notícias

Banca de DEFESA: DANIEL JOSIVAN DE SOUSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DANIEL JOSIVAN DE SOUSA
DATA: 07/08/2020
HORA: 15:00
LOCAL: Sala virtual
TÍTULO: INTERNAÇÕES POR DOENÇAS CARDIOVASCULARES SENSÍVEIS À ATENÇÃO PRIMÁRIA NO ESTADO DO PIAUÍ, BRASIL, 2008- 2018
PALAVRAS-CHAVES: Doenças cardiovasculares; hospitalização; tendências; estudos de séries temporais; atenção primária à saúde; indicadores de qualidade em assistência à saúde.
PÁGINAS: 94
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Saúde Coletiva
RESUMO:

Introdução: A atenção primária à saúde é classificada mundialmente como a estratégia mais efetiva para a universalização do acesso à saúde. A efetividade das ações da atenção primária tem sido pesquisada através de indicadores de atividade hospitalar, com base no pressuposto de que altas taxas de internações por condições sensíveis à atenção primária, podem resultar da falta de acesso aos serviços de saúde primários, sinalizando a internação como um problema do setor saúde, capaz de traduzir a real situação da população e fornecer subsídios ao aperfeiçoamento e monitoramento. Objetivo. Analisar a tendência das taxas de internações por doenças cardiovasculares sensíveis à atenção primária a saúde no estado do Piauí, Brasil do período de 2008 a 2018.  Métodos. Estudo ecológico de séries temporais das taxas de internação por doenças cardiovasculares de residentes do estado do Piauí por sexo, faixa etária, diagnóstico principal de internação e região de saúde. Foram utilizados os dados do Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde (SIH-SUS). Resultados. As taxas de internação por DCV apresentaram tendência decrescente ao longo da série histórica, com variação percentual anual de -4,7% (IC95%: -6,1; -3,3), observando ainda uma redução em ambos os sexos, sendo maior no sexo feminino (APC: -5,4%; IC95%: -6,9; -3,8), e, com exceção da faixa etária de 10 a 19 anos, que obteve tendência estacionária, todas as outras faixas tiveram diminuição, com maior redução nos idosos de 60 a 79 anos (APC: -7,4; IC95%: -8,3; -6,5). Conclusão. As internações por doenças cardiovasculares sensíveis à atenção primária tiveram tendência de redução ao longo do período analisado. Contudo, a tendência de redução não foi linear para todas as causas, porém pôde dar uma dimensão sobre a temática abordada possibilitam direcionar políticas públicas aos casos apontados.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1943482 - CARLOS EDUARDO BATISTA DE LIMA
Interno - 1549654 - MALVINA THAIS PACHECO RODRIGUES
Externo à Instituição - MAURICIO BATISTA PAES LANDIM - UESPI
Interno - 1864470 - OSMAR DE OLIVEIRA CARDOSO
Notícia cadastrada em: 28/07/2020 12:08
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 17/01/2021 03:06