Últimas Notícias
Banca de DEFESA: EDUARDO DE ALMEIDA CUNHA
Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: EDUARDO DE ALMEIDA CUNHA
DATA: 30/04/2019
HORA: 13:30
LOCAL: SALA DE VIDEO II - CCHL
TÍTULO: CARTOGRAFIA ESCOLAR NA EDUCAÇÃO GEOGRÁFICA: saberes e desafios dos professores no processo ensino-aprendizagem no 5º ano do Ensino Fundamental na cidade de Caxias- MA
PALAVRAS-CHAVES: Cartografia Escolar. Educação Geográfica. Formação docente em Geografia.
PÁGINAS: 158
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Geografia
SUBÁREA: Geografia Humana
RESUMO:

Este estudo foi realizado na cidade de Caxias - MA com o intuito de estabelecer a relação entre o ensino de Geografia e a Cartografia Escolar, consequentemente, possibilitar aprendizagens construídas, vivenciadas e significativas. Versa sobre o tema: “Cartografia Escolar na Educação Geográfica: saberes e desafios no processo ensino-aprendizagem no município de Caxias - MA”, sendo um estudo de pesquisa-ação em que se ensinou a Cartografia Escolar de forma coletiva, dinâmica, estimulando o potencial do pesquisador, educadores e consequentemente dos educandos. Tem como objetivo mais amplo propor, a partir da identificação das dificuldades apresentadas pelos professores, uma metodologia de ensino participativa que possibilite construir reflexivamente o estudo da Cartografia Escolar nos anos iniciais do Ensino Fundamental. E como objetivos específicos: a) Identificar as metodologias de ensino adotadas por esses professores no Ensino da Geografia, atentando-se se relaciona à realidade dos alunos e seus saberes prévios; b) Caracterizar o perfil dos professores pesquisados no que se refere ao ensino de Geografia nos anos iniciais do Ensino Fundamental de Caxias - MA, suas limitações e potencialidades; c) Realizar ações pedagógicas da Cartografia Escolar a partir das necessidades encontradas nas aulas; d) Apresentar reflexões sobre o papel da Cartografia Escolar, enquanto instrumento de ressignificação da prática docente e qualidade do aprendizado dos alunos, a partir da descrição das significações dos professores sobre a experiência realizada através da Pesquisa-Ação participante. A fundamentação teórica adotada leva em conta um conjunto de autores do campo do ensino de Geografia no Brasil que têm se destacado na pesquisa sobre a educação cartográfica na educação básica, como por exemplo: Almeida (2001; 2010a;2010b), Castellar (1999), Castrogiovanni (2000) e Passini (2012). A  metodologia baseou-se na abordagem qualitativa. Quanto aos seus fins, incorpora elementos descritivos e explicativos; quanto aos meios, caracteriza-se como uma pesquisa-ação, referenciada em autores como Barbier (2002), Franco (2014) e Ibiapina (2007), que utiliza aportes da observação participante, das entrevistas semiabertas e questionários. A partir da constatação de dificuldades dos professores, tanto em relação ao ensino de cartografia, quanto à formação continuada em Geografia, o propósito do trabalho foi desenvolver uma prática docente mais eficaz em Cartografia Escolar, propiciando aos sujeitos envolvidos o desenvolvimento de capacidades relativas à representação e interpretação da realidade socioespacial. Por considerar este aspecto indispensável à construção dos conhecimentos fundamentais sobre a linguagem cartográfica nos anos iniciais, proporcionando situações aos alunos facilitadoras da representação e codificação do espaço. Assim, a metodologia de ensino alternativa proposta, desenvolvida em condições propiciadoras da participação ativa, ao considerar a dimensão lúdica e o cotidiano do aluno, impulsionou o interesse e a assimilação do conteúdo nas aulas de Geografia. O trabalho em colaboração revelou-se também como uma contribuição efetiva para os professores, sobretudo pela atualização propiciada em relação a conhecimentos básicos da cartografia escolar nos anos iniciais do ensino fundamental. Portanto, a investigação projeta-se na área de ensino de Geografia na escola pública brasileira, acrescendo mais conhecimentos específicos ao conjunto de trabalhos já disponíveis sobre a alfabetização geográfica no ensino fundamental.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2280398 - ARMSTRONG MIRANDA EVANGELISTA
Interno - 1671765 - ANDREA LOURDES MONTEIRO SCABELLO
Interno - 1087152 - JOSELIA SARAIVA E SILVA
Externo ao Programa - 349.451.563-87 - LIÉGE DE SOUZA MOURA - UESPI
Externo à Instituição - SERGIO CLAUDINO LOUREIRO NUNES - ULB

Cadastrada em: 14/04/2019
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
  • 21/02/2019 - 22/02/2019 · Matrícula para o período 2019.1.
  • 07/03/2019 · Início do período letivo 2019.1.
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 24/04/2019 15:51