Últimas Notícias
Banca de DEFESA: ALYNE PEREIRA LOPES
Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALYNE PEREIRA LOPES
DATA: 22/12/2020
HORA: 10:00
LOCAL: Plataforma Google Meet- Via remota
TÍTULO: INVESTIGAÇÃO DOS EFEITOS ANTIMICROBIANO, MODULATÓRIO E ANTIBIOFILME DO TRANS-TRANS-FARNESOL, SOBRE CEPAS BACTERIANAS E FÚNGICAS DE IMPORTÂNCIA PARA A SAÚDE HUMANA
PALAVRAS-CHAVES: Antibiofilme. Antimicrobiano. Bactéria. Docking Molecular. Leveduras. Multirresistência. Sesquiterpenos. Trans-Trans-Farnesol.
PÁGINAS: 90
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Farmacologia
RESUMO:

A resistência antimicrobiana, desenvolvida pelos microrganismos se configura como um dos grandes problemas de saúde pública mundial, exigindo a investigação de opções terapêuticas que possam subverter os mecanismos de resistência e/ou virulência que estes patógenos podem expressar. Assim, diante do problema da resistência antimicrobiana, neste trabalho, a ação antimicrobiana, modulatória e antibiofilme do trans-trans-Farnesol (tt-Farnesol) foi investigada, frente a diferentes bactérias e fungos, que possuem elevado potencial patogênico humano e animal. Foram realizadas avaliações antimicrobianas in vitro para a determinação da concentração inibitória mínima (CIM) e concentração bactericida mínima (CBM), pela técnica de microdiluição em caldo. Por meio deste ensaio foram também testadas a ação antibiofilme e modulatória sobre diferentes fármacos utilizados na prática clínica. Dentre as 31 linhagens bacterianas avaliadas somente as espécies Gram-positivas, demonstraram perfis de susceptibilidade ao tt-Farnesol, variando a CIM de 128 µg/mL a 8 µg/mL, não se observando ação significativa sobre bactérias Gram negativas ou entre as espécies de Candida analisadas. Quanto ao ensaio de modulação, a associação entre as concentrações subinibitórias (1/4 e 1/8 da CIM) do tt-Farnesol e antibióticos de primeira escolha para as cepas multirresistentes testadas, não apresentou efeitos sinérgicos ou antagônicos e consequentemente não houve efeito na diminuição da resistência microbiana. Contudo, a ação modulatória deste sesquiterpeno nas concentrações de 1/2 e 1/4 da CIM foi observada em associação com antibiótico β-lactâmico oxacilina, que é ineficaz sobre cepas resistentes a meticilina, provocando ação inibitória e diminuição de oito vezes a CIM desse antibiótico. No ensaio antibiofilme bacteriano o tt-Farnesol demonstrou efeitos promissores, sendo capaz de inibir a produção do biofilme sob concentrações que variaram de 128 µg/mL a 2 µg/mL. Por meio de análise de docagem molecular a interação da molécula tt-farnesol com as proteínas IcaA, SrtA e OmpR, envolvidas na produção de biofilmes foi avaliada, revelando notável afinidade de ligação de -7,76; -6,61 e - 4,67 Kcal/mol, respectivamente com estas proteínas, corroborando os resultados observados no ensaio de inibição da formação de biofilmes. Neste trabalho, além de cepas multirresistentes de uso consagrado em testes de atividade antimicrobiana, pela primeira vez foram avaliadas a ação antimicrobiana do tt-Farnesol sobre Streptococcus pyogenes e Streptococcus agalactiae, revelando CIMs de 16 µg/mL para ambas as cepas. Os dados obtidos demonstram o potencial antibacteriano do tt-Farnesol para auxiliar no combate de quadros graves de processos infecciosos, uma vez que este sesquiterpeno mostrou-se ativo contra diversas cepas bacterianas com perfis de multirresistência, inclusive estirpes resistentes a meticilina. A ação modulatória positiva desta molécula foi observada sobre o antibiótico oxacilina, restituindo a ação inibitória sobre cepa resistente a este fármaco. A ação antibiofilme deste álcool também foi observada, revelando especialmente inibição sobre proteína IcaA, que contribui para a adesão microbiana, evento este importante na formação do biofilme de S. aureus. Logo, os resultados desta pesquisa são promissores em virtude das diversas enfermidades que podem vir a ser enfrentadas pela exploração da molécula tt-Farnesol em drogas futuras.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 3016094 - DAVID GERMANO GONCALVES SCHWARZ
Presidente - 423602 - MARIA JOSE DOS SANTOS SOARES
Externo ao Programa - 3008542 - MICHEL MUÁLEM DE MORAES ALVES

Cadastrada em: 11/12/2020
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
  • 29/09/2020 - 30/09/2020 · Matrícula para o período 2020.2.
  • 29/10/2020 · Início do período letivo 2020.2.
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 18/01/2021 17:32