Últimas Notícias
Banca de DEFESA: SAMUEL NOGUEIRA FIGUEIREDO
Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SAMUEL NOGUEIRA FIGUEIREDO
DATA: 16/09/2019
HORA: 14:00
LOCAL: AUDITÓRIO CENTRO DE TECNOLOGIA
TÍTULO: TÉCNICA DE MPPT HÍBRIDA APLICADA EM UM SISTEMA FOTOVOLTAICO SOB CONDIÇÕES DE SOMBREAMENTO UNIFORME E PARCIAL
PALAVRAS-CHAVES: RASTREAMENTO DO PONTO DE MÁXIMA POTÊNCIA. SISTEMA FOTOVOLTAICO. SOBREAMENTO UNIFORME. SOBREAMENTO PARCIAL
PÁGINAS: 93
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Elétrica
RESUMO:

Segundo a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), a fonte de geração de energia elétrica que apresentou maior crescimento percentual de 2017 para 2018 foi a solar fotovoltaica que obteve 316,1 % de aumento no período de um ano. Apesar do evidente crescimento, os módulos fotovoltaicos apresentam níveis baixos de eficiência e possuem alta dependência das condições ambientais, como irradiação solar e temperatura. Isto posto, o arranjo fotovoltaico deve operar sempre no ponto de máxima potência global (GMPP) para que seja aproveitado o máximo da energia gerada. Nesse contexto, algumas técnicas clássicas atingem esse objetivo de maneira satisfatória em condições de sombreamento uniforme. Entretanto, as condições ambientais variam durante o dia e esses métodos não conseguem extrair a maior potência disponível em condições de sombreamento parcial. O presente trabalho tem como objetivo propor uma técnica de rastreamento do ponto de máxima potência (MPPT) híbrida que utiliza uma combinação dos métodos Otimização por Enxame de Partículas (PSO) e Perturba e Observa (P&O), aplicada em sistemas fotovoltaicos sob condições de sombreamento uniforme e parcial. O sistema fotovoltaico foi modelado nos softwares MATLAB® e PSIM®. A técnica de MPPT proposta é comparada com as técnicas P&O clássica, PSO padrão e uma híbrida P&O-PSO. Os resultados de simulação mostraram que o algoritmo híbrido proposto consegue rastrear o GMPP em condições de sombreamento uniforme e parcial e apresentou maior exatidão (justificado pela eficiência de simulação acima de 99 %) e precisão (evidenciado pelo baixo desvio padrão). O tempo de rastreamento é 50 % menor que na técnica PSO padrão. Além disso, o método proposto consegue extrair 0,3 % a mais de energia elétrica do sistema fotovoltaico em comparação com o híbrido P&O-PSO. 


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1615907 - FABIO ROCHA BARBOSA
Interno - 289819 - OTACILIO DA MOTA ALMEIDA
Externo à Instituição - PAULO PEIXOTO PRAÇA - UFC
Presidente - 1983652 - RANOYCA NAYANA ALENCAR LEAO E SILVA AQUINO

Cadastrada em: 29/08/2019
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
  • 05/08/2019 - 06/08/2019 · Matrícula para o período 2019.2.
  • 12/08/2019 · Início do período letivo 2019.2.
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb02.ufpi.br.instancia1 21/09/2019 08:21