Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: TANIA GEORGIA ALVES DE OLIVEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: TANIA GEORGIA ALVES DE OLIVEIRA
DATA: 29/11/2021
HORA: 14:00
LOCAL: UFPI -CCHL
TÍTULO: PARA ALÉM DA TELA DA TV: política, sociedade e cultura brasileira na teledramaturgia de Gilberto Braga (1988-1995)
PALAVRAS-CHAVES: História. Gilberto Braga. Telenovela. Representação. Sociedade Brasileira.
PÁGINAS: 92
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: História
SUBÁREA: História do Brasil
ESPECIALIDADE: História do Brasil República
RESUMO:

Este trabalho tem como objetivo principal compreender de que modo os processos macro e
micropolíticos do Brasil recém-democratizado aparecem nas telenovelas do dramaturgo
brasileiro Gilberto Braga, entre 1988 e 1995. Cabendo indagar, por exemplo, que valores
macropolíticos (tais como inflação, desemprego, mudanças de moedas, eleições, etc.) e
micropolíticos (valores éticos e corrupção, relações de gênero e sexualidade) se desdobram
nas tramas do autor. Nesse sentido, foram analisadas as obras Vale tudo (1988-1989), Dono
do mundo (1991-1992), Anos Rebeldes (1992) e Pátria minha (1994-1995), do autor Gilberto
Braga, buscando entender a representação do contexto político, social e cultural do Brasil no
final dos anos 1980 e meados dos anos 1990, no intuito de analisar o contexto de produção de
teledramaturgia brasileira, notadamente da Rede Globo de Televisão, inserida no interior das
condições históricas de existência do Brasil entre o final dos anos 1980 e início dos anos
1990, e, no interior delas, as configurações das produções em questão, discutindo de que
forma são apresentadas nos mesmos veículos. Para uma compreensão dessas questões, as
bases teórico-metodológicas desse estudo foram fundamentadas em: Félix Guattari (2000),
Suely Rolnik (2000), Eugênio Bucci (2005), Ulpiano T. Bezerra de Menezes (2003), Gilles
Deleuze (1985), Mauricio Tintori Piqueira (2010), Jorge Ferreira (2018), Angélica Müller
(2018). Além disso, o estudo recorreu aos debates historiográficos levantados por Schwracz;
Starling (2015), Mota; Lopez (2015), Caldeira (2008), e Linhares et al (1990), para pensar a
trajetória brasileira. O estudo considerou que a teledramaturgia produzida por Gilberto Braga
permite perceber as interconexões entre História e Arte, com as potencialidades de
interpretação da realidade brasileira do interstício proposto.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2061327 - FABIO LEONARDO CASTELO BRANCO BRITO
Interno - 2367712 - FRANCISCO DE ASSIS DE SOUSA NASCIMENTO
Presidente - 877.646.793-72 - PEDRO PIO FONTINELES FILHO - UESPI
Notícia cadastrada em: 09/11/2021 16:31
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 06/12/2022 01:09