Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: FERNANDA DA COSTA DE SOUSA SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FERNANDA DA COSTA DE SOUSA SANTOS
DATA: 02/12/2021
HORA: 10:00
LOCAL: UFPI -CCHL
TÍTULO: “PRINCESA DOS SERTÕES PIAUIENSES”: História e memórias na composição de uma Capital Eclesiástica em Oeiras-PI (1940-1945)
PALAVRAS-CHAVES: História. Oeiras. Intelectuais. Memórias. Capital Eclesiástica
PÁGINAS: 121
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: História
SUBÁREA: História do Brasil
RESUMO:

RESUMO: O objetivo da pesquisa é investigar historicamente a composição de uma Capital
Eclesiástica em Oeiras-Pi, entre os anos de 1940 a 1945. A ideia da criação de um Bispado em
Oeiras, já era encetada desde seu decurso como capital da província, no entanto, a urbe sofreu
consideráveis mudanças devido a transferência da sede do governo para Teresina,
impossibilitando que essa aspiração fosse concretizada. Na década de 1940, considerada como
o período em que a cidade estava atravessando uma intensa fase de Renovação, foi empreendido
um projeto que ansiava pela construção de um Bispado. Nesse cenário, foi elaborado uma
comissão central responsável pelo desempenho da campanha em prol da construção dessa
Diocese, constituída por representantes da igreja católica, políticos e intelectuais. Pretende-se
analisar, como as memórias e narrativas instituídas em torno do passado da cidade e do episódio
da transferência da capital, tornaram-se elementos essenciais para a instituição de um desejo
enunciado nos discursos e práticas desses sujeitos, em especial os chamados intelectuais. Estas
figuras objetivavam que fosse edificado uma sede de Bispado em Oeiras e dessa forma a cidade
readquirisse o status de capital, se não de uma circunscrição política, mas desta feita
eclesiástica. Este processo possibilitaria, na perspectiva destes, reestabelecer um destaque entre
os municípios piauienses e compensar a importância que acreditavam que havia sido perdida
com a transferência da sede do governo. Para o desenvolvimento dessa pesquisa nos cercaremos
de autores como Sandra Jatahy Pesavento (2007), Michel Foucault (1971), Roger Chartier
(2002), Michael Pollak (1992), Eric Hobsbawm (2012), Ângela de Castro Gomes (2016),
Patrícia Santos Hansen (2016), Manuel Castells (1999). As principais fontes utilizadas foram
jornais como: Correio de Oeiras, Fanal, Gazeta do Piauí, O Cometa; Memorial, livros de
decretos, atas, relatórios e correspondências da Prefeitura Municipal de Oeiras e revistas do
Instituto Histórico de Oeiras.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 423663 - FRANCISCO ALCIDES DO NASCIMENTO
Interno - 877.646.793-72 - PEDRO PIO FONTINELES FILHO - UESPI
Interno - 2167352 - TERESINHA DE JESUS MESQUITA QUEIROZ
Notícia cadastrada em: 13/11/2021 09:36
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 01/03/2024 18:32