Notícias

Banca de DEFESA: MARCUS PIERRE DE CARVALHO BAPTISTA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARCUS PIERRE DE CARVALHO BAPTISTA
DATA: 10/04/2023
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de aula do Doutorado do PPGHB
TÍTULO: Entre a Geografia, a História e a Literatura: João Gabriel Baptista (1920-2010) e sua constituição enquanto intelectual na segunda metade do século XX no Piauí
PALAVRAS-CHAVES: João Gabriel Baptista; Teresina; Intelectual; Redes de sociabilidade; Representação.
PÁGINAS: 374
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: História
SUBÁREA: História do Brasil
ESPECIALIDADE: História do Brasil República
RESUMO:

Este trabalho produziu uma narrativa sobre João Gabriel Baptista (1920-2010), com o objetivo de discutir as condições históricas que permitiram que o sujeito em tela se tornasse um intelectual na segunda metade do século XX no Piauí. A metodologia constou de pesquisa bibliográfica utilizando-se de autores como Bourdieu (2006), Gomes (2004), Sirinelli (1998; 2003), Loriga (2011), Arfuch (2010), Seligmann-Silva (2003), Halbwachs (2006), Pollak (1989), Hall (2006), Bauman (2005), Woodward (2014), Chartier (1991) e Alberti (2013) para operacionalização dos conceitos de Biografia, Escrita de Si, Identidade, Redes de Sociabilidade, Memória, a categoria de Intelectual e para a metodologia da História Oral. Quanto às fontes, trabalhamos com a pesquisa hemerográfica, utilizando jornais publicados no Maranhão e Piauí entre meados do século XIX até o início do século XXI, bem como documentos do poder executivo, especificamente relatórios de governo do Piauí publicados no início do século XX, livros de memória, entrevistas com sujeitos que conheceram e conviveram com o personagem em tela desta pesquisa no ambiente profissional ou familiar, além da própria produção acadêmica e literária de João Gabriel Baptista. Indicou-se a relevância que a atuação de sua família na política e sociedade piauiense entre o século XIX e XX teve para sua formação e, posteriormente, inserção nas redes de sociabilidade intelectuais do Piauí na segunda metade do século XX. Não obstante isto, a pesquisa permitiu compreender ainda não apenas de que modo João Gabriel Baptista constituiu-se enquanto intelectual, mas como se tornou um pioneiro no campo da Geografia, tendo em vista que foi o primeiro pesquisador piauiense da área a produzir um estudo sistemático a partir de um espaço acadêmico e intelectual. Inferiu-se ainda acerca de como seu imaginário esteve marcado por questões sensíveis de sua época, refletindo diretamente nas representações construídas em suas obras, tanto literárias, como acadêmicas. Por fim, o estudo tornou possível também refletir sobre as várias representações construídas sobre João Gabriel Baptista ao longo de sua trajetória, bem como depois de sua morte no ano de 2010 em Teresina (PI) em decorrência do mal de Alzheimer.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ALCEBIADES COSTA FILHO - UFF
Interno - 1446998 - ELIZANGELA BARBOSA CARDOSO
Interno - 2061327 - FABIO LEONARDO CASTELO BRANCO BRITO
Presidente - 2367712 - FRANCISCO DE ASSIS DE SOUSA NASCIMENTO
Interno - 677.989.933-04 - JOSEANNE ZINGLEARA SOARES MARINHO - UESPI
Externo à Instituição - MARCELO DE MELLO RANGEL - UFOP
Notícia cadastrada em: 21/03/2023 19:14
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 01/03/2024 18:46