Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIA PAULA APARECIDA MENDES DE LIMA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIA PAULA APARECIDA MENDES DE LIMA
DATA: 25/08/2023
HORA: 15:00
LOCAL: Sala do Mestrado
TÍTULO: ALÉM DO SER E DO VESTIR: HISTÓRIA, CORPO E IDENTIDADES DA MODA PIAUIENSE (2009-2019)
PALAVRAS-CHAVES: História; Moda; Memória; Corpo; Identidades.
PÁGINAS: 150
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: História
SUBÁREA: História do Brasil
ESPECIALIDADE: História do Brasil República
RESUMO:

A moda em Teresina-PI é um objeto importante, uma vez que o desejo de se tornar moderna foi refletido na moda e nos modos da população, de forma que houve, desde o século XX, uma dedicação especial à vestimenta e a preocupação de inserir modos e modas europeus ao cotidiano dos teresinenses. Este trabalho apresenta a análise de dois eventos de moda ocorridos em Teresina, o Piauí Fashion Week e o Piauí Moda House, a fim de compreender a história, corpo e identidade da moda piauiense. O recorte temporal da pesquisa inicia-se com a abertura do Piauí Fashion Week, em 2009 , até o ano em que as questões de gênero foram incluídas nos desfiles, em 2019. É importante apontar que até 2015 o evento era conhccido por Piauí Fashion Week e desde 2015 passou a se chamar Piauí Moda House. Assim, é necessário destacar que recuos e avanços se fizeram necessários a fim de compreender este processo. Outrossim, a partir do Piauí Moda House inicia-se uma semana de moda reformulada passando a ser dirigida por piauienses e abraçando também as questões de gênero. A pesquisa é baseada no referencial teórico que discute moda, identidade, corpo e memória. Através de autores como Gilles Lipovetsky (2009), João Braga Nunes (2006), Zygmunt Baumann (2009), Stuart Hall (2006), Castelo Branco Brito (2020), Le Breton (2003) e Maurice Halbwachs (2013), além de pesquisa documental em jornais impressos, Meio Norte sites, agenciasebrae.com, colunabrunacarvalho.com, meionorte.com, cidadeverde.com, oitomeiacom, clubenoticias.com, portal az, 180 graus e entrevistas com dois organizadores, de modo a satisfazer os critérios e objetivos desse estudo. Verificou-se que esses eventos tentaram construir uma identidade que inserisse o Piauí internacionalmente no ramo da moda. A partir desses resultados, podemos concluir que esses eventos foram importantes por divulgarem o estado e mobilizarem estudantes e profissionais do ramo, ainda que tenham valorizado uma estética estrangeira, que é observada desde a nomenclatura. Ainda assim, os dois eventos auxiliaram na geração de empregos e deram visibilidade a produtores locais. Mais do que apresentar a moda foi um negócio para o estado do Piauí pois envolveu estudantes do curso de moda do estado, empresas e consumidores. Nesse sentido, foi possível perceber, em vista da maior parte dos desfiles evocarem a moda internacional, a ideia de que o Piauí seria melhor visto se tivesse uma referência do exterior. No entanto, a partir de 2019 os desfiles abriram espaço às questões de gênero, mostrando que a moda não deve ser uma ferramenta de padronização e opressão, mas sim um instrumento de livre expressão e comunicação. Por fim, compreendemos, atraves dos dois eventos estudados que a moda piauiense propõe diferentes identidades e serve para transgredir padrões impostos pela sociedade abrindo aos corpos novas possibilidades de vestir e se colocar no mundo.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2061327 - FABIO LEONARDO CASTELO BRANCO BRITO
Interno - 677.989.933-04 - JOSEANNE ZINGLEARA SOARES MARINHO - UESPI
Presidente - 877.646.793-72 - PEDRO PIO FONTINELES FILHO - UESPI
Notícia cadastrada em: 22/07/2023 18:59
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 01/03/2024 19:01