Notícias

Banca de DEFESA: DAYANE SAMPAIO DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DAYANE SAMPAIO DOS SANTOS
DATA: 29/03/2024
HORA: 09:00
LOCAL: Sala do Mestrado
TÍTULO: “VIVA O GOVERNO REPUBLICANO, ÚNICO QUE PODE FAZER A FELICIDADE DA NAÇÃO!”: DAVID MOREIRA CALDAS E AS NARRATIVAS SOBRE O IDEÁRIO REPUBLICANO NA IMPRENSA PIAUIENSE (1868-1875)
PALAVRAS-CHAVES: História. Ideário republicano. David Caldas. Imprensa.
PÁGINAS: 140
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: História
SUBÁREA: História do Brasil
ESPECIALIDADE: História do Brasil Império
RESUMO:

A presente pesquisa tem como principal objetivo analisar as narrativas acerca do ideário republicano na imprensa piauiense oitocentista, mais especificamente no recorte temporal que abrange os anos de 1868 a 1875, nos quais circularam os periódicos republicanos O Amigo do Povo e Oitenta e Nove, ambos pertencentes ao professor, político e jornalista David Moreira Caldas, o qual torna-se fundamental para o entendimento da defesa e difusão do ideário republicano no Piauí. Logo, David Caldas constituiu-se como um dos sujeitos históricos centrais neste trabalho, haja vista que por meio da análise da sua vida e atuação na imprensa, foi possível uma melhor compreensão sobre como o republicanismo foi difundido no Piauí na temporalidade estudada. Além dos jornais republicanos O Amigo do Povo e Oitenta e Nove, esta pesquisa também analisou periódicos representantes dos partidos políticos que fizeram-se presentes no Piauí neste mesmo recorte temporal, sendo eles o Partido Liberal, tendo suas ideias difundidas por meio do periódico A Imprensa, baluarte das ideias liberais no Piauí, e o Partido Conservador, representado pelos periódicos O Piauí e A Pátria buscando compreender como esses periódicos construíram narrativas em torno do ideário republicano. Dessa forma, a imprensa também se apresenta como um dos focos fundamentais dessa pesquisa, uma vez que a mesma constitui-se como um dos principais palcos em que as narrativas foram produzidas e difundidas nesta sociedade, um espaço em que os debates mais inflamados foram desenvolveram-se. A pesquisa abrange conceitos fundamentais como discurso, cultural e política, logo, foi imprescindível o diálogo com teóricos como Michel Foucault, Roger Chartier e René Rémond, os quais alicerçaram a teoria do texto.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2174309 - PEDRO VILARINHO CASTELO BRANCO
Presidente - 2167352 - TERESINHA DE JESUS MESQUITA QUEIROZ
Externo à Instituição - VINICIUS LEAO ARAUJO - IFPI
Notícia cadastrada em: 27/02/2024 08:30
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 22/05/2024 09:10