Notícias

Banca de DEFESA: LEANDRO DE MIRANDA SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LEANDRO DE MIRANDA SANTOS
DATA: 07/08/2015
HORA: 13:30
LOCAL: Auditório de Ciência dos Materiais
TÍTULO:

NANOCOMPÓSITOS CONDUTORES A BASE DE PALIGORSQUITA E POLIANILINA: DEPOSIÇÃO PELA TÉCNICA LAYER-BY-LAYER


PALAVRAS-CHAVES:

paligorsquita, polianilina, filmes finos, automontagem, sensor eletroquimico


PÁGINAS: 84
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química
SUBÁREA: Físico-Química
ESPECIALIDADE: Eletroquímica
RESUMO:

A polianilina (PAni) é um polímero condutor que apresenta aplicação em dispositivos eletrônicos, enquanto que a paligorsquita (PALY) é um argilomineral com grande área superficial aplicado principalmente na remoção de metais pesados e poluentes em meio aquoso. Este trabalho tem como objetivo preparar nanocompósitos de PAni/PALY empregando a técnica de automontagem do tipo layer-by-layer (ou LbL) e investigar as principais aplicações deste novo material. A Pani foi sintetizada por via química em meio alcóolico, já a paligorsquita foi empregada em três condições distintas na formação dos nanocompósito; in natura, lavada e organofilizada. Tanto a PAni quanto a PALY foram caracterizadas por da difratometria de raios-X e espectroscopia vibracional na região do infravermelho. Os filmes foram depositados via técnica LbL em substrato de vidro recoberto com ITO para as caracterizações eletroquímicas empregando a técnica de voltametria cíclica (VC), e em vidro comum para as caracterizações por espectroscopia na região do ultravioleta-visível (UV-Vis) e microscopia eletrônica de varredura (MEV). Os resultados de DRX demonstraram que o processo de lavagem da paligorsquita não promovem alteração e sua estrutura, enquanto que a incorporação do surfactante CTAC (Cloreto de Cetil Trimetil Amônio) é observado no espectro FTIR da paligorsquita organofilizada. Os voltamogramas cíclicos demonstraram que a PALY interage com a PAni promovendo modificações nos picos redox característicos do polímero condutor. Os resultados de UV-Vis demonstraram crescimento linear dos filmes LbL, enquanto que as imagens obtidas por MEV demonstraram homogeneidade dos filmes e a presença de grãos confirmando a incorporação da argila nos filmes.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2549060 - CARLA EIRAS
Externo ao Programa - 1676070 - EDIVALDO LEAL QUEIROZ
Interno - 1553988 - EDSON CAVALCANTI DA SILVA FILHO
Externo ao Programa - 2616581 - SERGIO BITENCOURT ARAUJO BARROS
Notícia cadastrada em: 03/08/2015 18:19
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 30/11/2020 07:33