• O sistema entrará em processo de atualização de funcionalidades às 13:45. Pedimos a todos que salvem seus trabalhos para que não haja transtornos.
    Agradecemos a compreensão, em 15 minutos o sistema estará de volta.
Últimas Notícias
Banca de QUALIFICAÇÃO: EMILLY KAROLINY FONTINELE DE SAMPAIO
Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: EMILLY KAROLINY FONTINELE DE SAMPAIO
DATA: 04/06/2024
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do PPG Ciência e Engenharia dos Materiais
TÍTULO: Bioimpressão de hidrogéis geradores de oxigênio com incorporação de nanoargila para a regeneração de defeitos ósseos
PALAVRAS-CHAVES: Bioimpressão Tridimensional, Defeitos Ósseos, GelMA, Laponita e Peróxido de Cálcio.
PÁGINAS: 35
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
SUBÁREA: Materiais Não-Metálicos
ESPECIALIDADE: Polímeros, Aplicações
RESUMO:

A bioimpressão 3D surgiu para superar as limitações da engenharia de tecidos, proporcionando organização precisa dos componentes biológicos nas redes vasculares e controle espacial das moléculas. Nessa perspectiva, a gelatina tem atraído atenção devido à sua semelhança com a matriz extracelular do organismo vivo. Biomateriais à base de Metacrilato de Gelatina (GelMA) são amplamente utilizados na área biomédica devido às suas propriedades físicas e bioquímicas, embora sua baixa rigidez mecânica e taxa de degradação incontrolável limitem sua aplicação. Como alternativa, a dispersão de Laponita (LAP) tem recebido destaque devido à sua capacidade de aprimorar bioimpressões e estimular a proliferação e diferenciação celular. Além disso, hidrogéis incorporando peróxidos têm mostrado eficácia na liberação prolongada e contínua de oxigênio nos tecidos, destacando-se o peróxido de cálcio (CPO) como um material promissor para a liberação controlada de oxigênio. Diante disso, foram impressos hidrogéis, também chamados de Scaffolds, liberadores de oxigênio, combinando GelMA e LAP para aplicações em defeitos ósseos. As composições foram avaliadas através de teste de injetabilidade. Posteriormente, as estruturas foram caracterizadas através da espectroscopia de infravermelho, microscopia óptica e eletrônica, grau de intumescimento, propriedades mecânicas, análise termogravimétrica (TGA) e calorimetria de varredura diferencial (DSC) e teste da membrana corioalantóide (CAM). Através do teste de injetabilidade, foi possível concluir que a adição de 2,5% de gelatina aumentou a viscosidade do GelMA isolado, enquanto a combinação de 1,0% de LAP e 2,5% de gelatina resultou em uma viscosidade satisfatória e pressão de injeção constante, promovendo a formação de filamentos precisos. A formulação com 1,0% de LAP e 2,5% de gelatina foi identificada como a mais eficiente para bioimpressão, garantindo precisão e estabilidade necessárias. A presença dos grupos funcionais do GelMA, da LAP e do CPO foi confirmada por espectroscopia FTIR. As estruturas impressas com a adição de 1% de LAP melhoraram significativamente a formação de filamentos e a fidelidade de impressão. Nos testes de intumescimento, todas as composições demonstraram um alto grau de intumescimento, e os Scaffolds formaram uma estrutura porosa com poros interligados, favorecendo o transporte de oxigênio e nutrientes. A análise por TGA e DSC mostrou a estabilidade térmica dos hidrogéis. Por fim, o Scaffold GelMA/LAP/CPO exibiu uma melhora significativa na formação vascular, destacando o papel da LAP e do oxigênio nesse processo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1397472 - ANDERSON DE OLIVEIRA LOBO
Interno - 1570906 - BARTOLOMEU CRUZ VIANA NETO
Interno - 1780191 - FRANCISCO ERONI PAZ DOS SANTOS

Cadastrada em: 03/06/2024
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
  • 06/03/2024 - 08/03/2024 · Matrícula para o período 2024.1.
  • 18/03/2024 · Início do período letivo 2024.1.
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 12/07/2024 13:35