Notícias

Banca de DEFESA: RAQUEL DO NASCIMENTO SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RAQUEL DO NASCIMENTO SILVA
DATA: 24/01/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do Programa em Ciência dos Materiais/UFPI
TÍTULO: INFLUÊNCIA DO TEOR DE PLASTIFICANTE E DA ARGILA VERMICULITA ORGANOFÍLICA NO ESTUDO DA DEGRADAÇÃO HIDROLÍTICA DA MATRIZ POLIMÉRICA DE POLIHIDROXIBUTIRATO (PHB)
PALAVRAS-CHAVES: Polihidroxibutirato, degradação hidrolítica, bionanocompósitos, blendas, biodegradação.
PÁGINAS: 135
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
SUBÁREA: Materiais Não-Metálicos
ESPECIALIDADE: Materiais Conjugados Não-Metálicos
RESUMO:

O presente estudo teve como objetivo o desenvolvimento de blendas poliméricas de polihidroxibutirato (PHB) e polietilienoglicol (PEG), e também bionanocompósitos de PHB, PEG e argila vermiculita organofílica (VMT), as blendas foram preparadas nas composições 95-5 e 90-10 (PHB-PEG) e os bionanocompósitos com 95-5-3 e 90-10-3 (PHB-PEG-VMT). Foi utilizada a técnica de intercalação por solução para a obtenção dos sistemas na forma de filmes, e em seguida foi montando um sistema para avaliação e acompanhamento da degradação hidrolítica dos mesmos. O teste de degradação foi realizado segundo a norma ASTM F1635-11 e as propriedades dos filmes foram avaliadas por perda de massa, absorção hidrolítica e por espectroscopia no infravermelho por transformada de Fourier (FTIR) no intuito principal de detectar e quantificar o grupo causador do processo degradativo. Os resultados mostraram que para os bionanocompósitos a adição da argila vermiculita organofílica nos percentuais de 95-5-3 e 90-10-3 (PHB-PEG-VMT) ocasionaram uma maior e menor perda de massa, respectivamente. Através do teste de degradação hidrolítica observou-se que a blenda 95-5 é a única composição que apresenta uma crescente perda de massa ao longo do período em contato com solução tampão fosfato-salino  (PBS) a 37 °C. A análise por FTIR mostrou que a degradação para o PHB puro ocorreu nas regiões amorfas e que à presença do PEG e da VMT afeta a degradação nas regiões amorfas e cristalinas do polímero. Notou-se assim, que o plastificante e a argila vermiculita organofilica afetaram na degradação hidrolítica do polímero PHB, pois possivelmente, tornou o material hidrofílico, permitindo assim a penetração de água na cadeia polimérica.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1720808 - RENATA BARBOSA
Interno - 1714193 - JOSE MILTON ELIAS DE MATOS
Interno - 1331130 - TATIANNY SOARES ALVES
Externo à Instituição - HAROLDO REIS ALVES DE MACÊDO - IFPI
Notícia cadastrada em: 17/01/2017 09:09
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 30/11/2020 08:11