Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARÍLIA EVELYN RODRIGUES OLIVEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARÍLIA EVELYN RODRIGUES OLIVEIRA
DATA: 15/08/2013
HORA: 08:30
LOCAL: Auditorio da Física
TÍTULO:

INCORPORAÇÃO DE Al3+, Er3+ E Co2+ NOS SILICATOS LAMELARES MAGADEÍTA E KANEÍTA.


PALAVRAS-CHAVES:

Silicato Lamelar. Magadeíta. Kaneíta. Incorporação. Troca Iônica.


PÁGINAS: 42
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
SUBÁREA: Materiais Não-Metálicos
ESPECIALIDADE: Cerâmicos
RESUMO:

Os silicatos lamelares Magadeíta (Na2.Si14.O29.9H2O) e Kaneíta (Na2O.22SiO2.10H2O) foram sintetizados hidrotermicamente para obtenção do silicato na sua forma sódica, assim como, a mesma síntese só que contendo os átomos de Al, Er e Co incorporados na estrutura.  Com os silicatos na sua forma sódica também foram realizados processos de troca iônica. Para a obtenção dos compostos na sua forma ácida, MagH e KanH, os compostos na sua forma sódica, MagNa e KanNa, foram tratados HCl 0,1 mol L-1. Neste trabalho as amostras foram caracterizadas por DRX, FTIR, Raman e TG. Os dados de DRX evidenciam o deslocamento dos picos na região de 2θ das amostras onde houve a incorporação dos metais na sua estrutura o que conduz a uma interação mais forte entre as lamelas. Os espectros de FTIR mostram as bandas correspondente às vibrações de estiramento da água no espaço interlamelar ligada a camadas inorgânicas reforçadas a grupos silanol, assim como, as absorções do grupo SiO4 e os estiramento assimétrico da ligação Si-O-Si e das ligações Si-O terminais, deslocadas quando comparado ao espectro puro de magadeíta e kaneíta. Os espectros Raman, revelam que mudanças nas interações camada/água/cátions nas amostras de magadeíta e kaneíta ocorrem em paralelo com as vibrações de alongamento, flexão de moléculas de água, vibrações de estiramento do grupo Si-OH e deformações da ligação Si-O-Si. A análise termogravimétrica confirma os resultados para ambos os silicatos lamelares possuírem dois sítios diferentes de adsorção de água, assim como, a condensação dos grupos silanóis e a interação dos compostos lamelares com os metais a perda de massa nas amostras contendo alumínio é maior que nas amostras contendo érbio e cobalto.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1553988 - EDSON CAVALCANTI DA SILVA FILHO
Interno - 1570906 - BARTOLOMEU CRUZ VIANA NETO
Interno - 1714193 - JOSE MILTON ELIAS DE MATOS
Interno - 1167321 - MARIA RITA DE MORAIS CHAVES SANTOS
Externo ao Programa - 1057341 - CLEIDE MARIA DA SILVA LEITE
Notícia cadastrada em: 13/08/2013 15:18
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 01/12/2020 05:41