Notícias

Banca de DEFESA: SAMARA CLOTILDES SARAIVA RODRIGUES

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SAMARA CLOTILDES SARAIVA RODRIGUES
DATA: 24/09/2021
HORA: 08:00
LOCAL: Pós Graduação em EM CIÊNCIA E ENGENHARIA DOS MATERIAIS/CT/Remota
TÍTULO: DESENVOLVIMENTO DE FILMES POLIMÉRICOS BIODEGRADÁVEIS A BASE DO AMIDO EXTRAÍDO DO BABAÇU E DE MILHO PARA APLICAÇÃO EM EMBALAGENS DE ALIMENTOS
PALAVRAS-CHAVES: Ecovio, amido, milho, babaçu, filmes, embalagens.
PÁGINAS: 125
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
SUBÁREA: Materiais Não-Metálicos
ESPECIALIDADE: Materiais Conjugados Não-Metálicos
RESUMO:

O amido de milho é vastamente utilizado no desenvolvimento de filmes poliméricos para embalagens de alimentos, mas nas últimas décadas, muito tem se pesquisado sobre amidos extraídos de fontes não convencionais para essa categoria de aplicação. Neste estudo, foram desenvolvidos filmes biodegradáveis de Ecovio (PLA/PBAT (poli(ácido láctico) /poli(butileno adipato co-tereftalato)) adicionando amido de milho comercial e amido extraído do mesocarpo de babaçu nas proporções de 1, 3 e 5 % com o objetivo de comparar e explorar o potencial da adição do amido do mesocarpo de babaçu em relação ao amido de milho para aplicações na indústria de embalagens de alimentos. A caracterização foi dividida em três etapas, inicialmente os amidos foram caracterizados e comparados quanto à sua morfologia, composição química, estabilidade térmica e viabilidade para fabricação de filmes. Análise comparativa entre os dois mostrou que o amido de babaçu apresenta maiores proporções de lipídios e proteínas do que o de milho, que os grânulos de amido do mesocarpo de babaçu tinham formato oval e alguns exibiam superfícies descamadas e fraturadas, enquanto os grânulos do amido de milho exibiram formas poligonais com superfícies lisas e sem agregados. A análise de difração revelou dois tipos diferentes de formas cristalinas para ambos os amidos, quanto ao comportamento térmico, o amido nativo apresentou-se menos estável termicamente do que o comercial. Em um segundo momento, os filmes à base de Ecovio contendo amido de milho comercial e amido extraído do mesocarpo de babaçu foram produzidos por extrusão plana e caracterizados por microscopia eletrônica de varredura, espectroscopia de luz visível, colorimetria, ângulo de contato, espectroscopia infravermelho e por difratometria de raios X. Os resultados indicaram que a cor, molhabilidade e a superfície dos filmes dependeram da fonte de amido adicionado, os plásticos contendo amido de mesocarpo de babaçu apresentaram superfícies mais ásperas e opacas com maior resistência à água do que aqueles com amido de milho. Em um terceiro momento, foram avaliadas as propriedades térmicas, mecânicas e de barreira dos filmes, os resultados obtidos não mostraram, apesar da diferença das fontes botânicas, dependência do amido, mas estão associadas ao teor de amido, ao efeito nucleante dos amidos na matriz e a mobilidade das cadeias dos polímeros que compõem o filme. As curvas das propriedades térmicas indicaram para todos os filmes um sistema bifásico com a presença de dois picos de degradação, de fusão e de transição vítrea, um atribuído ao PLA e outro ao PBAT, ambos componentes da blenda Ecovio. Os resultados das propriedades mecânicas mostraram que os filmes com amido exibiram comportamento semelhante à fase dispersa PLA, filmes com altos valores de resistência a tração, de módulo de elasticidade e de resistência à de ruptura e de baixos valores de alongamento máximo e de ruptura. As análises das propriedades de barreiras mostraram que os amidos promoveram incrementos nos valores de permeabilidade ao vapor de água e redução nos valores de solubilidade nos filmes.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1720808 - RENATA BARBOSA
Interno - 1331130 - TATIANNY SOARES ALVES
Interno - 1714193 - JOSE MILTON ELIAS DE MATOS
Externo ao Programa - 2523687 - MARIA DO SOCORRO FERREIRA DOS SANTOS
Externo à Instituição - LAURA HECKER DE CARVALHO - UFCG
Externo à Instituição - YEDA MEDEIROS BASTOS DE ALMEIDA - UFPE
Notícia cadastrada em: 07/10/2021 07:35
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 02/02/2023 07:22