Notícias

Seminário do Prof. Dr. José Daniel Biasoli de Mello no PPGCM/UFPI

Todos os docentes e discentes do PPG em Ciência e Engenharia dos Materiais, da Graduação em Engenharia de Materiais e demais interessados estão convidados para o seminário intitulado "Evolução nanoestrutural induzida tribologicamente de materiais carbonosos: uma nova perspectiva" que será ministrado pelo Prof. Dr. José Daniel Biasoli de Mello no Auditório do PPG em Ciência e Engenharia dos Materiais - CT/UFPI no dia 09 de Agosto de 2022 (Terça-Feira) às 9 h com duração de aproximadamente 90 minutos.

O Prof. Dr. José Daniel Biasoli de Mello possui doutorado em Metalurgia no  Institut National Polytechique de Grenoble, INPG, França (1983), e também, é pesquisador nível 1A do Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (CNPq). Adicionalmente tem mantido uma intensa colaboração em pesquisa e desenvolvimento com o setor produtivo (Embraco SA/Whirpool SA, Aços Villares SA, Zf Sachs, Acesita SA, Usiminas SA, NGK-NTK SA, dentre outras). E atualmente tem se dedicado ao estudo do desgaste deslizamento de ligas ferrosas multicomponentes, tribo-corrosão, em particular abrasão-corrosão, ortotribologia, durabilidade superficial de lubrificantes sólidos, efeito da microestrutura de materiais sinterizados, em particular auto lubrificantes, no comportamento tribológico e simulação do desgaste abrasivo por interações múltiplas.

Resumo do que será abordado nesta Palestra: Os lubrificantes sólidos à base de carbono são excelente opções para reduzir o atrito e o desgaste, principalmente pela capacidade do carbono de adotar diferentes formas alotrópicas. Na macro escala, esses materiais são cisalhados no contato junto com debris de degaste e contaminantes gerando tribocamadas que governam o desempenho do tribos sistema. Apresenta-se, inicialmente, o comportamento tribológico de alguns lubrificantes sólidos a base de carbono (grafite 3D impregnado a vácuo em aço sinterizado, grafeno multicamadas funcionalizado a plasma aplicado por “drop casting” em aço  e grafite turbostrático 2D obtido in situ durante a sinterizacao) . Na sequencia, analisando as tribocamadas formadas utilizando uma análise Raman avançada recentemente desenvolvida foi possível quantificar os defeitos induzidos por contato na estrutura cristalina de uma ampla gama de alótropos de lubrificantes sólidos à base de carbono: grafite cristalino 3D, grafite turbostrático 2D, partículas de carbono derivadas de carbonetos (CDC), grafeno multicamadas e nano-tubos de carbono. Além disso, esses materiais foram testados em várias condições de deslizamento a seco, com diferentes geometrias, topografias e estratégias de aplicação de lubrificante sólido (Impregnação a vácuo de aços sinterizados, drop casting, compósito auto lubrificante, filmes de nano tubos de carbono alinhados verticalmente). Independentemente das condições iniciais do tribo sistema e do nível de ordenamento atômico, há uma tendência notável de aumentar a densidade de defeitos de ponto e linha até um limite de saturação específico na mesma ordem de grandeza para todos os materiais testados resultando em comportamento em atrito equivalentes.

Notícia cadastrada em: 26/07/2022 00:48
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 09/02/2023 03:39