Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: RAILHA ANTUNES DE FRANCA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: RAILHA ANTUNES DE FRANCA
DATA: 28/11/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do PPGCM
TÍTULO:  DESENVOLVIMENTO DE MULCH FILMS A PARTIR POLÍMERO BIODEGRADÁVEL E RESÍDUOS AGROINDUSTRIAIS
PALAVRAS-CHAVES: Plasticultura, PBAT, Resíduos, Amendoim, Soja.
PÁGINAS: 88
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

A técnica de plasticultura vem sendo desenvolvida como alternativa para um maior controle de qualidade de cultivos e elevação de taxas de produção sendo um dos principais setores no consumo de películas poliméricas. Contudo, as películas comumente empregadas não são recicladas em função da umidade e contaminação oriundas do manejo e do descarte inadequado após o uso, acarretando para além de outros problemas, o comprometimento do meio ambiente. Neste contexto, polímeros biodegradáveis surgem como um insumo promissor para aplicações na plasticultura sustentável por meio do uso de mulch films biodegradáveis, associados a resíduos da agroindústria, favorecendo a redução de resíduos sólidos poluentes e ainda mantendo a funcionalidade do produto. O objetivo deste trabalho foi o desenvolvimento de mulch films biodegradáveis em extrusora monorosca utilizando cascas de soja e cascas de amendoim, em percentuais de 2,5% e 5,0% em peso, e como matriz polimérica biodegradável o PBAT. Os resíduos e os mulch films obtidos foram caracterizados por diferentes técnicas com objetivo de avaliar composição, estabilidade térmica e efeito da incorporação dos resíduos frente a presença de água.  O comportamento térmico dos resíduos indicou estabilidade nas faixas de processamento aplicadas, assim como via Fluorescência de Raios – X  foi identificado, em maiores percentuais, óxidos de potássio e cálcio. A Espectroscopia de Infravermelho por Transformada de Fourier indicou fracas alterações químicas entre os resíduos e o polímero e os testes de ângulo de contato e de absorção de água indicaram, respectivamente, aumento da hidrofobicidade dos sistemas e absorção de água para os sistemas PBAT/AM5 e PBAT/SJ5. Os resultados obtidos indicam, de maneira preliminar, a viabilidade de inserção de resíduos agroindustriais em forma de pó à matriz polimérica, permitindo a produção de mulch films via técnica tradicional de processamento, e que para tais percentuais aplicados o comportamento dos sistemas em contato com água pode ser alterado.

 Plasticultura, PBAT, Resíduos, Amendoim, Soja.

 


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 2523687 - MARIA DO SOCORRO FERREIRA DOS SANTOS
Interno - 1720808 - RENATA BARBOSA
Presidente - 1331130 - TATIANNY SOARES ALVES
Notícia cadastrada em: 18/11/2022 14:53
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 09/02/2023 02:43