Notícias

Banca de DEFESA: THYAGO CAMELO PEREIRA DA SILVA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THYAGO CAMELO PEREIRA DA SILVA
DATA: 27/02/2023
HORA: 08:30
LOCAL: REMOTA
TÍTULO: DESENVOLVIMENTO DE FILAMENTOS FERTILIBERADORES BIODEGRADÁVEIS À BASE DE PLA/PBAT PARA APLICAÇÕES AGRÍCOLAS
PALAVRAS-CHAVES: Liberação controlada; nanocompósitos; impressão 3D; biodegradável
PÁGINAS: 128
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
SUBÁREA: Materiais Não-Metálicos
ESPECIALIDADE: Polímeros, Aplicações
RESUMO:

Fertilizantes com capacidade de liberação controlada (FCL) vêm sendo produzidos a partir da utilização conjunta de nanopartículas e polímeros biodegradáveis e são, em geral, empregados como material coating de grânulos. No entanto, aplicações alternativas de FCL em Modelagem por Fusão e Deposição (FDM) que possibilitem a prototipagem e a manufatura de estruturas com geometrias complexas e funcionais, são escassas na literatura. O objetivo deste trabalho foi produzir filamentos de PBAT/PLA poli (ácido láctico) /poli (butileno adipato co-tereftalato) e fertilizante NPK (fertilizante mineral misto a base de nitrogênio - N, fosforo - P e potássio - K) adsorvido em bentonita  organofílica destinados a aplicação na prototipagem de artefatos agrícolas biodegradáveis via FDM. Os sistemas contendo argila bentonita, fertilizante NPK e a blenda PLA/PBAT foram inicialmente processados em misturador interno e, posteriormente, extrusados na forma de filamentos em extrusora monorosca. Foram definidos parâmetros ótimos para impressão dos compósitos. Os protótipos foram caracterizados por microscopia eletrônica de varredura (MEV), difração de raios-X (DRX) e termogravimetria (TGA). Foram avaliadas ainda a taxa de liberação de sais de NPK em água, sua cinética de liberação e a ecotoxicidade dos sistemas. A análise morfológica revelou que em primeira perspectiva uma boa qualidade superficial das impressões, porém com ampliações maiores notou-se a presença de algumas descontinuidades e aglomerados para os compósitos. Na TGA não se observou variações significativas na estabilidade térmica da blenda. Os resultados de DRX sugerem que houve a incorporação da argila na matriz polimérica com redução nos ângulos de difração característicos da argila, formando possivelmente uma estrutura esfoliada e/ou intercalada. Os sistemas contendo bentonita liberaram em 24 horas cerca de 22% menos fertilizantes em comparação ao sistema sem a presença de bentonita. Os dados de liberação para estes sistemas tiveram uma boa aderência ao modelo cinético de Korsemeyer-Peppas. Os filamentos produzidos apresentam potencial para liberação lenta ou controlada de fertilizante e são viáveis para prototipagem por FDM, sem apresentarem potencial de toxicidade.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1331130 - TATIANNY SOARES ALVES
Interno - 1720808 - RENATA BARBOSA
Interno - 1718303 - DURCILENE ALVES DA SILVA
Externo ao Programa - 2523687 - MARIA DO SOCORRO FERREIRA DOS SANTOS
Externo à Instituição - DANIELA DE LOURDES ANJOS COUTINHO SIMOES ANDRADE - UFRPE
Externo à Instituição - YEDA MEDEIROS BASTOS DE ALMEIDA - UFPE
Notícia cadastrada em: 31/01/2023 15:09
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 20/06/2024 22:55