Notícias

Banca de DEFESA: JOZIEL ALVES DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOZIEL ALVES DE OLIVEIRA
DATA: 30/03/2023
HORA: 14:00
LOCAL: auditõrio PPGCM
TÍTULO: SÍNTESE E CARACTERIZAÇÃO DE TiO2/POLISSACARÍDEO MESOCARPO DO BABAÇU: APLICAÇÕES FOTOCATALÍTICAS, FOTOELETROQUÍMICAS E ANTIBACTERIANA
PALAVRAS-CHAVES: mesocarpo do babaçu, polissacarídeos, eletroquímica, fotocatálise, antibacteriano.
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

 Devido á grande necessidade de obtenção de métodos alternativos de remediação ambiental em função da grande quantidade de poluentes que não são removidos de forma eficiente pelos métodos convencionais pesquisas estão sendo desenvolvidas para criar sistemas eficazes de remediação ambiental que possam combater tanto a poluição quanto a contaminação por microrganismos. O uso da fotocatálise heterogênea com TiO 2 com a associação de polímeros naturais pode melhorar as propriedades fotocatalíticas do material. No presente trabalho compósitos formados por TiO2/mesocarpo do babaçu foram sintetizados pelo método sol-gel com a variação de porcentagem de 3% e 5% (m/v) para os sistemas denominados 3BBT e 5BBT, respectivamente. Esses compósitos foram caracterizados por difração de raios-X (DRX), Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV). A área superficial foi calculada pelo método de Brunauer–Emmett–Teller (BET). As características ópticas foram medidas por espectroscopia de reflectância difusa no UV-Vis (DRS -Uv-Vis). Estudos eletroquímicos foram realizados e obtidos dados de Fotocorrente em função da variação de concentração de ácido gálico e de potencial aplicado. A eficiência fotocatalítica do material foi estudada por meio da fotocatálise do corante azul de metileno (AM) sob radiação predominante no visível. O DRX mostrou que os compósitos obtidos se encontram na fase cristalográfica anatase, o aumento da porcentagem de mesocarpo do babaçu influenciou na redução da intensidade dos picos e tamanho de cristalito. As imagens de MEV mostraram um aspecto mais poroso do material 3BBT e mais denso do material 5BBT, confirmado pelas caracterizações texturais, que mostraram redução de volume de poro e redução de área superficial específica do 5BBT comparado ao 3BBT. A caracterização óptica mostrou que o aumento da porcentagem do polissacarídeo provocou redução da energia de band gap do TiO 2 , (Eg = 2,90 eV e Eg = 2,47 eV para 3BBT e 5BBT, respectivamente). O estudo eletroquímico mostrou que os compósitos apresentaram capacidade de detecção do ácido gálico, proporcionando aumento de sensibilidade de acordo com o aumento de fotocorrente aplicada, mostraram também boa capacidade de reaproveitamento comprovado pelo teste de repetibilidade (DPR de 2,66% e 3,68% para 3BBT e 5BBT, Respectivamente). O material 3BBT apresentou maior capacidade fotocatalítica, proporcionando descoloração de 63,4 % do corante AM no tempo de 120 min. Os testes antibacterianos indicaram que o material 5BBT exibem maior capacidade de inibição das bactérias E. coli e S. aureus.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1722880 - JOSY ANTEVELI OSAJIMA FURTINI
Interno - 1553988 - EDSON CAVALCANTI DA SILVA FILHO
Externo à Instituição - LUCIANO COSTA ALEMIDA - UFPE
Externo à Instituição - LUZIA MARIA CASTRO HONORIO - UFPB
Notícia cadastrada em: 30/03/2023 12:13
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 24/06/2024 17:36