Notícias

Banca de DEFESA: LEONARDO PINHEIRO FONTINELE

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LEONARDO PINHEIRO FONTINELE
DATA: 29/02/2016
HORA: 09:30
LOCAL: Auditório de Ciência dos Materiais
TÍTULO:

UMA PROPOSTA PARA O USO DA NORBIXINA, UM CORANTE EXTRAÍDO DO URUCUM (Bixa orella L.), NA FORMAÇÃO DE FILMES FINOS DO TIPO LAYER-BY-LAYER.


PALAVRAS-CHAVES:

urucum; norbixina; filmes finos; Layer-by-Layer.


PÁGINAS: 88
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
SUBÁREA: Materiais Não-Metálicos
ESPECIALIDADE: Materiais Conjugados Não-Metálicos
RESUMO:

O urucuzeiro é uma planta nativa da América Central e do Sul, que ocorre mais frequentemente na espécie Bixa orellana L. Do fruto do urucuzeiro são retiradas as sementes, conhecidas como urucum, em cuja superfície são encontradas a bixina e a norbixina, dois corantes naturais. A norbixina (NBx) classifica-se como um carotenoide de caráter aniônico, de grande interesse científico e tecnológico, porém ainda pouco explorado. Este estudo apresenta como proposta inovadora sugerindo o uso da NBx na formação de filmes finos, preparados pela técnica Layer-by-Layer (LbL) de automontagem. A NBx, um pó vermelho intenso, obtido a partir da hidrólise alcalina da bixina, seguida de precipitação ácida, foi caracterizada pelas técnicas de Difratometria de Raios-X (DRX) e Espectroscopia na Região do Infravermelho com Transformada de Fourier (FTIR). Posteriormente, a NBx foi empregada como agente formador de filme fino, ao ser imobilizada na superfície do eletrodo de ITO para testes eletroquímicos. O filme monocamada de NBx apresentou um comportamento irreversível com o aparecimento de dois processos de oxidação, definidos em +0,57 V e +0,73 V vs ECS. Posteriormente, foram preparados filmes bicamadas onde a NBx foi imobilizada em conjunto com a polianilina (PANI), um polímero condutor. Duas sequencias de deposição foram propostas (ITO/PANI/NBx e ITO/NBx/PANI) e, a as medidas eletroquímicas mostraram que a presença da NBx na estrutura do filme bicamada não inibiu as propriedades condutoras da PANI. O sistema ITO/NBx/PANI foi selecionado para uma sequência de novos testes, na busca por se conhecer melhor o compósito formado. Nestes testes, o filme de NBx/PANI mostrou-se estável, em 25 ciclos de varreduras sucessivas, com processos eletroquímicos governados por transferência de carga. Já os estudos da cinética de formação do filme mostraram que a deposição das bicamadas não ocorre de forma linear. O presente estudo destaca-se por seu caráter inovador uma vez que a literatura não relata o uso da NBx como agente formador de filmes ou mesmo qualquer estudo a respeito de seu comportamento eletroquímico. Desta forma, este estudo cria subsídios para novas aplicações desse material.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2549060 - CARLA EIRAS
Externo ao Programa - 1676070 - EDIVALDO LEAL QUEIROZ
Interno - 1714193 - JOSE MILTON ELIAS DE MATOS
Externo à Instituição - VICENTE GALBER FREITAS VIANA JUNIOR - IFPI
Notícia cadastrada em: 18/02/2016 23:40
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 23/11/2020 16:59