• O sistema entrará em processo de atualização de funcionalidades às 22:30. Pedimos a todos que salvem seus trabalhos para que não haja transtornos.
    Agradecemos a compreensão, em 15 minutos o sistema estará de volta.
Notícias

Banca de DEFESA: WALBER ALVES FREITAS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: WALBER ALVES FREITAS
DATA: 14/02/2020
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do PPG em Ciência e Engenharia de Materiais
TÍTULO: ZnO Suportado em Argilas para Aplicação Fotocatalítica
PALAVRAS-CHAVES: Fotocatálise, Ciprofloxacina, Haloisita, Palygorskita, ZnO.
PÁGINAS: 88
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
SUBÁREA: Materiais Não-Metálicos
ESPECIALIDADE: Materiais Conjugados Não-Metálicos
RESUMO:

A contaminação de corpos hídricos com fármacos apresenta-se como um problema ambiental. Tais compostos biologicamente ativos presentes no ambiente interagem com a biota do meio podendo ocasionar severos danos ao organismo humano e aos demais seres vivos. O emprego das argilas palygorskita e haloisita pode exercer efeitos positivos sobre o desempenho fotocatalítico em luz visível dos compósitos. O presente trabalho tem como objetivo sintetizar o compósito ZnO/palygorskita, haloisita para estudo da degradação fotocatalítica do fármaco Ciprofloxacina como poluente modelo. Os materiais foram caracterizados por Difração de raios X (DRX), Espectroscopiano Infravermelho com Transformada de Fourier (FTIR), Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) e Reflectância difusa. Os difratogramas de DRX indicam que houve a formação da estrutura proposta com alta cristalinidade e formação da fase hexagonal do ZnO. Nos resultados obtidos por FTIR foi possível observar os estiramentos característicos dos grupos funcionais presentes na estrutura do material sintetizado a base de ZnO, Haloisita e Palygorskita. Os valores de bang gap para ZnO suportado com as argilas foi menor do que o ZnO puro. A morfologia do material foi estrutura hexagonal mostrado por MEV. O teste fotocatalítico apresentou valores próximos a 90% de degradação de Ciprofloxacina, mostrando que os materiais sintetizados (ZnO/Pal+Hal 2:1) são eficientes fotocatalisadores para a degradação de Ciprofloxacina, o fotocatalisador ZnO/Pal+Hal 2:1, apresentou estabilidade durante duas reutilizações consecutivas, bem como conservação da estrutura morfológica, evidenciada por analises de MEV. O teste de inibidores sugeriu que o oxigênio singlete (1O2) foi espécie ativa dominante na fotodegradação da Ciprofloxacina, porém a adição de EDTA (eliminador de h+) aumentou a degradação do fármaco, que pode ser causada pela captura de orifícios que inibem a recombinação dos buracos de elétrons, facilitando a geração de 1O2.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1722880 - JOSY ANTEVELI OSAJIMA FURTINI
Interno - 1553988 - EDSON CAVALCANTI DA SILVA FILHO
Externo ao Programa - 1734425 - MARCELO BARBOSA FURTINI
Externo à Instituição - MAURA CÉLIA CUNHA E SILVA - UEMA
Notícia cadastrada em: 14/02/2020 06:35
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 06/02/2023 22:25