Notícias

Banca de DEFESA: MAURYCYO SILVA GERONÇO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MAURYCYO SILVA GERONÇO
DATA: 30/03/2021
HORA: 16:00
LOCAL: Google Meet - link: https://meet.google.com/qmn-woqk-sak
TÍTULO: Avaliação do potencial de galactomananas de sementes: caracterização, fotoestabilidade, propriedades tecnológicas, reológicas e mucoadesivas
PALAVRAS-CHAVES: Polissacarídeos; Insumos; Mucoadesividade; Fotoestabilidade
PÁGINAS: 88
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
SUBÁREA: Materiais Não-Metálicos
ESPECIALIDADE: Polímeros, Aplicações
RESUMO:

As galactomananas são polissacarídeos que possuem uma ampla aplicabilidade no setor industrial. Visando o potencial desses materiais, esse trabalho realizou a caracterização e o estudo de propriedades promissoras das galactomananas extraídas das sementes de Adenanthera pavonina, Delonix regia, Stryphnodendron adstringens, Caesalpinia pulcherrima, Cassia grandis e Schizolobium parahyba. As galactomananas foram caracterizadas por DRX, FTIR, MEV e DSC. Em conjunto, foram avaliadas suas propriedades tecnológicas, reológicas, mucoadesivas, fotoestabilidade, citotoxicidade e hemocompatibilidade. Além disso, foi determinado o teor de proteínas e o peso molecular. A galactomanana de C. grandis exibiu o maior rendimento de extração entre as sementes, com 30,82%, e todas exibiram baixo teor de proteínas. As análises físico-químicas demonstraram padrões estruturais e morfológicos característicos de galactomananas. As propriedades tecnológicas demonstraram alta solubilidade, alto índice de intumescimento e alta capacidade de retenção de água, e todas as amostras demonstraram ótima capacidade emulsionante e estabilizante de emulsão nas concentrações de 0,5 e 1,0%. As amostras demonstraram alto peso molecular e comportamento de fluxo não-Newtoniano. S. adstringens apresentou a maior fotoestabilidade, enquanto a C. pulcherrima exibiu as melhores propriedades mucoadesivas em mucosa porcina. As amostras se revelaram citocompatíveis até 200 μg/mL na linhagem em fibroblastos L929 e não causaram hemólise na concentração de 1000 μg/mL. Desse modo, os resultados demonstraram o alto potencial do uso das galactomananas de sementes nas áreas biomédica, cosmética, farmacêutica e de alimentos.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2199134 - MARCILIA PINHEIRO DA COSTA
Interno - 1553988 - EDSON CAVALCANTI DA SILVA FILHO
Externo à Instituição - CLEÔNIA ROBERTA MELO ARAÚJO - UNIVASF
Notícia cadastrada em: 30/03/2021 15:44
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 20/10/2021 23:21