Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: CRISNAM KARINY DA SILVA VELOSO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CRISNAM KARINY DA SILVA VELOSO
DATA: 12/12/2022
HORA: 09:00
LOCAL: WEB CONFERÊNCIA-Google Meet
TÍTULO: COMPÓSITOS ECOLÓGICOS DE POLIETILENO VERDE E FARINHA DO MESOCARPO DE BABAÇU PARA APLICAÇÃO NA CONSTRUÇÃO CIVIL
PALAVRAS-CHAVES: compósitos; polietileno verde; farinha de mesocarpo de babaçu; construção civil
PÁGINAS: 35
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
SUBÁREA: Materiais Não-Metálicos
ESPECIALIDADE: Materiais Conjugados Não-Metálicos
RESUMO:

A oportunidade de agregar valor econômico aos resíduos vegetais, aliado ao desenvolvimento tecnológico sustentável, têm despertado o interesse na utilização de cargas lignocelulósicas como matéria-prima na produção de compósitos poliméricos. Neste contexto, essa pesquisa teve como objetivo produzir compósitos ecológicos de polietileno verde (PEV) e farinha do mesocarpo de babaçu (FMB) (1,5 e 3% em peso), com e sem polietileno enxertado com anidrido maleico (PEgMA) (3% em peso) como compatibilizante, visando sua aplicação na construção civil. Os compósitos foram processados em extrusora monorosca e moldados por injeção. A farinha do mesocarpo de babaçu foi caracterizada por espectroscopia no infravermelho com transformada de Fourier (FTIR) e análise termogravimétrica (TGA). Os resultados mostraram que a composição da FMB é similar à de outros materiais lignocelulósicos e que ela apresentou estabilidade térmica para as condições de processamento aplicadas. As propriedades de absorção de água em diferentes temperaturas (temperatura ambiente, 50 e 70 °C) e resistência à tração dos compósitos foram avaliadas. A absorção de água aumentou com a adição da FMB, a incorporação de compatibilizante reduziu a absorção e o aumento da temperatura elevou sutilmente a quantidade de água absorvida pelos compósitos. A resistência à tração foi semelhante ao PEV puro e a deformação máxima foi reduzida com a adição de FMB. O valor da tensão de ruptura aumentou notadamente para o PEV/3FMB/3COMP. A tensão de escoamento aumenta com a adição da 3% de farinha e incorporação do agente  compatibilizante. A FMB reduziu o módulo de elasticidade dos compósitos e a adição do PEgMA possibilitou sua recuperação. A utilização da farinha do mesocarpo de babaçu apresenta potencial para o desenvolvimento de compósitos e aplicação na construção civil.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - DANIELA DE LOURDES ANJOS COUTINHO SIMOES ANDRADE - UFRPE
Presidente - 1720808 - RENATA BARBOSA
Interno - 1331130 - TATIANNY SOARES ALVES
Notícia cadastrada em: 25/11/2022 09:13
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 02/02/2023 09:12