Notícias

Banca de DEFESA: FABRÍCIA FÂNDESSAN COSTA ALVES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: FABRÍCIA FÂNDESSAN COSTA ALVES
DATA: 15/12/2022
HORA: 08:30
LOCAL: Google Meet
TÍTULO: DESENVOLVIMENTO DE UM SCAFFOLD COMPÓSITO FORMADO POR POLISSACARÍDEOS E HIDROXIAPATITA CONTENDO GÁLIO, VISANDO A ADSORÇÃO DE CORANTES EM MEIO AQUOSO
PALAVRAS-CHAVES: adsorção, ambiental, biopolímeros.
PÁGINAS: 66
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
SUBÁREA: Materiais Não-Metálicos
ESPECIALIDADE: Polímeros, Aplicações
RESUMO:

Melhorar a qualidade da água é um dos grandes desafios ambientais a serem resolvidos nos dias de hoje, uma vez que a água é essencial à vida, às atividades domésticas, agrícolas e industriais. Muitos contaminantes são compostos orgânicos tóxicos, que são introduzidos na água através da emissão de efluentes das indústrias petroquímica, farmacêutica, têxtil, entre outras. Estudos científicos estão sendo desenvolvidos utilizando polímeros naturais e técnicas de fabricação de scaffold com o intuito de sanar essas problemáticas oriundas desses contaminantes. Os scaffold são materiais que possuem grande potencial para aplicação em processos de adsorção, por possuírem alta área superficial, alta porosidade e presença de grupos hidrofílicos dependente dos materiais utilizados para sua produção. No Capítulo 1, será apresentado uma revisão bibliográfica sobre scaffolds utilizados para adsorção de corantes como um estudo prospectivo, com enfoque no tema de utilização desses materiais na área de remediação ambiental. No Capítulo 3, um scaffold foi sintetizado à base de biopolímeros e material inorgânico, sendo goma gelana, quitosana como parte biopolimérica e hidroxiapatita dopada com gálio como parte inorgânica, visando a adsorção de corantes aniônicos. Nesse sentido, o estudo sintetizou e caracterizou o scaffold por Difração de Raios X (XRD), Espectroscopia de Infravermelho por Transformada de Fourier (FTIR), análise termogravimétrica (TGA), microscopia eletrônica de varredura e espectroscopia de raios X por energia dispersiva (SEM-EDS), e testes de adsorção foram realizados por espectroscopia ultravioleta visível (UV-Vis). A partir do DRX observou-se os planos característicos tanto da quitosana como da hidroxiapatita. As análises de FTIR e TG do scaffold indicam que houve interações entre os materiais precursores na produção do mesmo com observações no deslocando das bandas características e aumentando a estabilidade térmica. Por meio do MEV foi possível observar que o scaffold possui característica porosa, sendo essa morfologia bastante importante na aplicação do scaffold na adsroção. No resultado da análise de EDS foi possível comprovar qualitativamente a presença de elementos precursores para a formação do scaffold. E por meio dos ensaios de adsorção, conclui-se que o scaffold teve sucesso e apresentou excelente potencial para remoção de Remazol Blue RGB e Remazol Red com adsorção de 341,41 ± 6,82 e 584,89 ± 23,39 mg/g, respectivamente.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1553988 - EDSON CAVALCANTI DA SILVA FILHO
Interno - 1722880 - JOSY ANTEVELI OSAJIMA FURTINI
Externo à Instituição - LUZIA MARIA CASTRO HONORIO - UFPB
Notícia cadastrada em: 15/12/2022 07:36
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb06.ufpi.br.instancia1 15/06/2024 20:33