Notícias

Banca de DEFESA: IDGLAN SA DE LIMA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: IDGLAN SA DE LIMA
DATA: 15/03/2023
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do PPGCM
TÍTULO: HIDRÓGEIS MULTIFUNCIONAIS DA GOMA DA MANDIOCA: POTENCIAIS APLICAÇÕES BIOTECNOLOGICAS NA AGRICULTURA E COMO AGENTE ANTIBACTERIANO
PALAVRAS-CHAVES: Biopolímero, goma de mandioca, hidrogel, molécula biológica, microbiologia, drug delivery.
PÁGINAS: 144
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Microbiologia
SUBÁREA: Microbiologia Aplicada
RESUMO:

Hidrogéis oriundos de fontes naturais vem ganhando crescente interesse, dente eles estão os que são produzidos da goma da mandioca. O amido presente nos tubérculos da mandioca (Manihot esculenta), são compostos principalmente por amilose e amilopectina e faz dele um material promissor para a síntese de hidrogéis, tanto para absorver e reter água, como para liberação substâncias, visando um avanço tecnológico sustentável, visto que acarretaria uma substituição da matéria prima sintética. O objetivo deste trabalho foi a síntese e caracterização de hidrogéis multifuncionais  da goma da mandioca para absorção de água e liberação de moléculas químicas em diferentes aplicações. Neste trabalho foi realizado um estudo bibliométrico com intuído de identificar os principais avanços e aplicações dos hidrogéis da goma da mandioca. Os materiais sintetizados foram caracterizados por Difração de Raios X, Espectroscopia de Infravermelho com Transformada de Fourier, Termogravimétrica, Calorimetria de Varredura Diferencial e Microscopia Eletrônica de Varredura. No capítulo 2 é apresentado a síntese, caracterizações e estudos de intumescimento, liberação e toxicidade dos hidrogéis da goma da mandioca associado a macronutrientes com potencial uso na agricultura. A produção resultou em material com estruturas porosas e um hidrogel superabsorvente capaz de absorver cerca de 27.000 % sua massa inicial, na liberação do fosfato o meio se manteve constante após 24h, os hidrogéis não apresentaram toxicidade frente a Artemia salina. No capítulo 3 foram sintetizados hidrogéis da goma da mandioca com diferentes concentrações de clorexidina. Os hidrogéis não apresentaram toxicidade, nos testes de atividade antibacteriana contra Staphylococcus aureus e Escherichia coli, foi possível obter um efeito de 100% em concentrações de 0,5%. Os estudos de liberação evidenciam que os sistemas podem ser usados como transportadores de fármaco.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1553988 - EDSON CAVALCANTI DA SILVA FILHO
Interno - 1722880 - JOSY ANTEVELI OSAJIMA FURTINI
Externo à Instituição - JOSE BENEDITO GUIMARAES JUNIOR - UFLA
Externo à Instituição - LUIS HUMBERTO DE OLIVEIRA - UFPI
Externo à Instituição - RAFAEL FELIPPE RATKE - UFMS
Notícia cadastrada em: 09/03/2023 14:56
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 24/06/2024 17:47