Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: IAGO RODRIGUES DE ABREU

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: IAGO RODRIGUES DE ABREU
DATA: 14/12/2023
HORA: 14:30
LOCAL: WEB CONFERÊNCIA-Google Meet
TÍTULO: DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO DE FILAMENTOS PARA MANUFATURA ADITIVA E FABRICAÇÃO DE MEMBRANAS FILTRANTES PARA UTILIZAÇÃO NA SEPARAÇÃO ÓLEO E ÁGUA
PALAVRAS-CHAVES: Manufatura Aditiva, Extrusão de material, Óxido de Zinco, Biocida, Cera da Carnaúba.
PÁGINAS: 35
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
SUBÁREA: Materiais Não-Metálicos
ESPECIALIDADE: Materiais Conjugados Não-Metálicos
RESUMO:

É fundamental a procura por processos de tratamento de água mais eficazes, uma vez que esse recurso é essencial para a vida. Visando atender às necessidades sistêmicas do tratamento de afluentes, as membranas com molhabilidade diferenciadas produzidas por meio da manufatura aditiva se mostram interessantes, quanto a sua produção e a forma de avaliação desse tratamento. Outras vantagens são as possibilidades de desenvolvimentos de geometrias específicas e a utilização de materiais naturais e biodegradáveis. Diante desses argumentos, o presente trabalho propôs o desenvolvimento de filamentos biodegradáveis a base da blenda polimérica poli(ácido láctico)/poli(butileno adipato co-tereftalato - PLA/PBAT e a incorporação de aditivos: o óxido de zinco, um biocida e a cera de Carnaúba com o objetivo de avaliar as características desses materiais frente a prototipagem de membranas para separação de óleo e água. Os filamentos foram produzidos via extrusão e tracionados com um auxílio de um sistema calibração. Os materiais foram analisados por Espectroscopia no Infravermelho por Transformada de Fourier (FTIR), difração de raios X (DRX), Calorimetria exploratória diferencial (DSC), análise Termogravimétrica - (TGA), resistência a Tração, densidade e absorção de água. Os espectros de FTIR apresentaram novas bandas com a inserção de ZnO, contudo, sem novas bandas após a incorporação dos demais aditivos, além disso, novos picos de difração foram apresentados. Por DSC observou a formação de pico duplo na Tm e Tcc no primeiro aquecimento e resfriamento e ligeira mudança na Tm no segundo aquecimento. A TGA apresentou novos picos de degradação e redução da estabilidade térmica em todos os compósitos. O comportamento mecânico por meio do esforço de tração nos filamentos não identificou influência significativa pela presença dos aditivos, porém atuação diferente nos valores de densidade e absorção de água foi apresentada. Os filamentos apresentaram boas características para o processo via impressão 3D, consequentemente, indicados para produção de membranas filtrantes na separação óleo e água.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1720808 - RENATA BARBOSA
Interno - 1331130 - TATIANNY SOARES ALVES
Externo à Instituição - JOYCE BATISTA AZEVEDO - UFBA
Externo à Instituição - RUDY FOLKERSMA - RUG
Notícia cadastrada em: 22/02/2024 08:15
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.sigaa 20/06/2024 21:38