Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ALLAN TEIXEIRA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALLAN TEIXEIRA SILVA
DATA: 02/07/2015
HORA: 09:00
LOCAL: sala mestrado
TÍTULO:

ESTUDO DE ASSOCIAÇÃO DE POLIMORFISMOS DOS GENES KCNJ11 E ABCC8 COM O RISCO DE DIABETES MELITUS TIPO 2 EM UMA POPULAÇÃO DO NORDESTE BRASILEIRO


PALAVRAS-CHAVES:
Síndrome metabólica. DM2. polimorfismos. E23K. Ser1369Ala. canal K-ATP dependente.


PÁGINAS: 37
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

diabetes mellitus é uma síndrome metabólica caracterizada pelo aumento da concentração de glicose no sangue, acompanhada de distúrbios metabólicos nas proteínas e ácido graxos. Essa doença afeta mais de 380 milhões de pessoas de diversas idades ao redor do mundo. Diversos fatores contribuem para o desenvolvimento do DM2, sendo assim uma doença de etiologia complexa. Embora os fatores ambientais pareçam ter um maior peso, os fatores genéticos têm ganhado notoriedade nos últimos tempos devido ao desenvolvimento de tecnologias de biologia molecular e estudos de associação. Até o momento, mais de 70 loci apresentam forte associação com a susceptibilidade ao desenvolvimento do diabetes mellitus tipo 2 (DM2). Células β pancreáticas possuem em sua superfície um tipo específico de canal iônico formado por oito subunidades proteicas, sendo quatro do tipo Kir6.2 e quatro do tipo SUR1, codificadas pelos genes KCNJ11 e ABCC8, respectivamente. Mutações nesses genes estão ligadas ao aumento da susceptibilidade ao desenvolvimento do DM2 e diminuição da secreção de insulina, assim como promovendo alterações na resposta à drogas hipoglicemiantes orais. Estudos de genes candidatos associaram o polimorfismo E23K (RS 5219) do gene KCNJ11 com DM2, assim como o polimorfismo Ser1369Ala (rs 757110 ) do gene ABCC8, este, muitas vezes em associação com o E23K. O presente estudo tem como objetivo analisar a associação dos polimorfismos dos genes KCNJ11 (E23K) e ABCC8(Ser1369Ala) com a susceptibilidade do desenvolvimento do DM2 em uma amostra da população do Piauí. Para compor o grupo de estudo foram selecionados 200 pacientes não aparentados diagnosticados com DM2 da cidade de Parnaíba-PI e 200 controles saudáveis, sem condições associadas à doença, também da cidade. Todas as amostras de sangue periférico, tanto dos pacientes quanto dos controles, já foram coletadas e submetidas à extração do DNA com o kit Wizard® Genomic DNA Purification (Promega Inc., USA) e quantificadas pelo transiluminador BioSpec-nano (Shimadzu Corporation, Kyoto, Japan). A detecção dos polimorfismos será realizada pela técnica PCR-RFLP, cuja técnica já foi padronizada e aplicada em parte das amostras. Após genotipadas, os resultados serão submetidos aos programas estatísticos BioStat 5.3 (Instituto Mamirauá, Brasil), SPSS 21.0 (SPSS Inc., Chicago, IL) e HaploView 4.2 (Whitehead Institute for Biomedical Research, EUA), todos com significância estatística estabelecida em p<0,05. 


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1750086 - DANIEL FERNANDO PEREIRA VASCONCELOS
Presidente - 1551972 - FRANCE KEIKO NASCIMENTO YOSHIOKA
Interno - 1552610 - RENATA CANALLE
Notícia cadastrada em: 18/06/2015 14:13
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 08/03/2021 19:47