Notícias

Banca de DEFESA: LUCAS DE ARAUJO BASTOS SANTANA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: LUCAS DE ARAUJO BASTOS SANTANA
DATA: 29/02/2016
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de Aula PPGbiotec/ Campus Ministro Reis Velloso
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIDIARREICA DE PROTEÍNAS DO LÁTEX DE Plumeria pudica (JACQ., 1760)


PALAVRAS-CHAVES:

 

proteínas laticíferas; diarreia; óleo de rícino; enteropooling.


PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

O látex vegetal é um fluido de aspecto leitoso liberado por algumas espécies quando estas sofrem algum tipo de injúria mecânica. Fluidos laticíferos são caracterizados pela presença de várias moléculas com propriedades farmacológicas.  Por ser o conteúdo de células especializadas denominadas de laticíferos, o látex se configura como considerável fonte de compostos bioativos sendo composto por lipídios, metabólitos secundários, aminoácidos, proteínas, dentre outros. Vários artigos descrevem propriedades farmacológicas de compostos obtidos a partir de látex, como exemplo do látex de Plumeria pudica que demonstrou apresentar atividade anti-inflamatória e antinociceptiva. Nesse contexto o presente trabalho teve como principal objetivo avaliar as potencialidades de proteínas obtidas a partir do látex de P. pudica (PL) em camundongos, avaliando sua capacidade em interferir na atividade antidiarreica, utilizando modelos de diarreia induzida por agente químico. Após avaliação do perfil de proteínas presentes na fração PL, a atividade antidiarreica de diferentes doses da fração proteica foi avaliada por meio do modelo de diarreia induzida por óleo de rícino, utilizando loperamida como droga de referência. PL foi capaz de reduzir a severidade da diarreia, o número total de fezes e o número de fezes diarreicas. Em adição, foi observado redução do peso total e o volume do conteúdo intestinal nos animais tratados com PL. Dosagem de glutationa reduzida (GSH) e concentração de malondialdeído (MDA) a partir do intestino dos animais revelam que PL reduziu nos níveis de MDA e aumentou os níveis de GSH. Em outro momento foi feito teste de motilidade gastrointestinal, utilizando uma suspensão de carvão ativado como marcador, onde foi medida a distância percorrida pelo carvão no intestino delgado. Os dados obtidos demostram que proteínas do látex de P. pudica foram capazes de inibir a diarreia induzida por óleo de rícino.

 


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1750086 - DANIEL FERNANDO PEREIRA VASCONCELOS
Interno - 1772764 - GUSTAVO PORTELA FERREIRA
Presidente - 1789383 - JEFFERSON SOARES DE OLIVEIRA
Notícia cadastrada em: 17/02/2016 09:23
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 06/03/2021 02:03