Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: NATÁLIA RODRIGUES DÁRC COSTA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: NATÁLIA RODRIGUES DÁRC COSTA
DATA: 14/12/2012
HORA: 14:00
LOCAL: Sala Mestrado
TÍTULO:

EFEITO GASTROPROTETOR DA VIA HEMEOXIGENASE 1/CO NA LESÃO GÁSTRICA INDUZIDA POR ALENDRONATO EM RATOS – PAPEL DA GUANILATO CICLASE SOLÚVEL (GCS)


PALAVRAS-CHAVES:

alendronato, guanilato ciclase solúvel, hemeoxigenase 1, lesão gástrica, monóxido de carbono.


PÁGINAS: 51
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Farmacologia
RESUMO:

Alendronato de sódio é um medicamento indicado no tratamento de distúrbios do remodelamento ósseo, que causa sérios efeitos gastrointestinais adversos. Estudos recentes mostram que o monóxido de carbono, produzido pela hemeoxigenase 1, tem propriedades anti-inflamatórias e contribui para a gastroproteção. ObjetivoAvaliar o efeito protetor da via hemeoxigenase 1/CO na lesão gástrica induzida por alendronato em ratos, avaliando o papel da guanilato ciclase solúvel neste evento. Métodos: Ratos Wistar fêmeas serão pré-tratadas, uma vez por dia por 4 dias, com salina, hemina (1, 3 e 10 mg/kg, v.o)  ou DMDC (9, 27, 81 µmol/kg, v.o). Trinta minutos depois, o alendronato (30 mg/kg, v.o) será administrado. No quarto dia de tratamento, 4 horas após administração do alendronato, os animais serão sacrificados e os estômagos abertos para determinação da área da lesão usando um programa de planimetria computadorizada. Além disso, fragmentos de tecido serão removidos para análise histopatológica, dosagem de glutationa reduzida (GSH), mieloperoxidase (MPO), malondialdeído (MDA) e citocinas pró-inflamatórias TNF-α e IL-1β. Outro grupo será usado para determinação do muco gástrico. Para o estudo da expressão da HO-1 por imunohistoquímica e determinação da concentração de bilirrubina, serão utilizados os grupos experimentais tratados com salina, alendronato (30 mg/kg, v.o), hemina (10 mg/kgv.o) ou alendronato + hemina. A administração das drogas ocorrerá 1 vez por dia, durante 4 dias. No quarto dia de tratamento, 4 horas após a administração do alendronato, os animais serão sacrificados e fragmentos do tecido gástrico serão retirados para posterior realização destas análises. Em outro grupo experimental, os animais serão pré-tratados, uma vez por dia por 4 dias,com ODQ (10 mg/kg, i.p). Após 1 hora, serão administrados salina, hemina (10 mg/kg, v.o)  ou  DMDC (81 µmol/kg, v.o). Trinta minutos depois, o alendronato (30 mg/kg, v.o) será administrado. No quarto dia, 4 horas após a administração do alendronato, os animais serão sacrificados e a lesão gástrica será determinada usando um programa de planimetria computadorizada. Amostras de cada estômago serão retiradas para análise histopatológica, dosagens de GSH, MPO, MDA e citocinas TNF-α e IL-1β. Para avaliar o papel da HO-1 no efeito gastroprotetor da hemina, os ratos serão pré-tratados, pela via intraperitoneal, com zinco protoporfirina (ZnPP  IX, 1 mg/kg), um inibidor da HO-1. Uma hora depois, os ratos serão tratados com salina ou hemina (10 mg /kg, v.o).  Após 30 minutos, a lesão gástrica será induzida pela administração de alendronato (30 mg/kg, v.o). A administração das drogas ocorrerá 1 vez por dia, durante 4 dias. No quarto dia de tratamento, 4 horas após a administração do alendronato, os animais serão sacrificados e os estômagos removidos para análise macroscópica, e fragmentos do tecido gástrico serão retirados para análise histopatológica.  O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa Animal da Universidade Federal do Piauí (Protocolo No 0067/10). Resultados Parciais: O tratamento com alendronato causou danos gástricos macro e microscopicamente. A administração de hemina ou DMDC preveniu, de forma dose-dependente, a lesão por alendronato no estômago. Os parâmetros histopatológicos foram diminuídos na presença de hemina e DMDC. ZnPP IX e ODQ reverteram o efeito protetor da hemina, aumentando a lesão gástrica, macro e microscopicamente. O efeito gastroprotetor do DMDC foi abolido com o pré-tratamento com ODQ. Resultados Esperados: Esperamos confirmar a importância via HO-1/CO na proteção da mucosa gástrica contra a gastropatia induzida por alendronato em ratos, bem como comprovar a participação da guanilato ciclase solúvel neste evento.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1680593 - JAND VENES ROLIM MEDEIROS
Interno - 1789383 - JEFFERSON SOARES DE OLIVEIRA
Interno - 1522598 - PEDRO SANCHES DOS REIS
Notícia cadastrada em: 12/12/2012 14:01
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 08/03/2021 20:26