Notícias

Banca de DEFESA: KELINE MEDEIROS DE ARAÚJO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: KELINE MEDEIROS DE ARAÚJO
DATA: 08/03/2013
HORA: 14:30
LOCAL: Sala de Reuniões
TÍTULO:

IDENTIFICAÇÃO DE COMPOSTOS FENÓLICOS PRESENTES EM EXTRATOS DE Euphorbia tirucalli L., E AVALIAÇÃO DE SUA ATIVIDADE ANTIOXIDANTE E ANTIBACTERIANA.



PALAVRAS-CHAVES:

 Atividade antibacteriana. Atividade antioxidante. Compostos fenólicos. Euphorbia tirucalli L..


PÁGINAS: 91
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Bioquímica
RESUMO:

 

Os reconhecidos efeitos benéficos dos antioxidantes à saúde, principalmente aqueles provenientes de fontes naturais, prevenindo o desencadeamento de reações oxidativas, tem estimulado o surgimento de muitas pesquisas para o isolamento e identificação destes compostos em diferentes matrizes vegetais. Neste contexto, a Euphorbia tirucalli L. é uma planta pertencente à família Euphorbiaceae, utilizada no Brasil como planta medicinal tradicional devido ao seu potencial farmacológico. O objetivo deste trabalho foi quantificar e avaliar os compostos bioativos presentes nos extratos secos e frescos hidrometanólicos e acetônicos da parte aérea de Euphorbia tirucalli L.. Para isso, foi avaliado o seu conteúdo em fenólicos totais pelo método do Folin, a atividade antioxidante pelos métodos do sequestro dos radicais sintéticos DPPH e ABTS●+, e a proteção antioxidante em meio lipídico pelo método do RANCIMAT®; foi também realizada a identificação e quantificação dos compostos fenólicos por CLAE e análise do seu potencial antibacteriano. Os resultados mostraram que os extratos secos apresentaram maiores teores de fenólicos totais que os extratos frescos. No extrato seco acetônico foi quantificado 30,54±0,64 mg/100g de fenólicos totais seguido pelos extratos seco hidrometanólico (27,6±2,34 mg/100g), fresco acetônico (7,73±1,21 mg/100g), fresco hidrometanólico (9,47±0,65 mg/100g). A avaliação da atividade antioxidante pelo método DPPH revelou um EC50 de 12,15±0,09 µg/mL para o extrato seco hidrometanólico. Pelo método ABTS●+ os extratos secos acetônico e hidrometanólico apresentaram atividade antioxidante mais elevada que os demais no tempo de 30 min, com valores 716,77±171,60 e 718,99±76,88 µM TROLOX/g, respectivamente. Pelo método RANCIMAT® todos os extratos apresentaram fator de proteção comparáveis ao padrão BHT (FP>1). Por CLAE, foi identificado e quantificado o ácido ferúlico, sendo o maior valor de 0,59 g/100g encontrado no extrato seco hidrometanólico. Todos os extratos apresentaram ação de inibição de crescimento contra as cepas de Staphylococcus aureus e S. epidermidis. Nossos resultados revelam o potencial farmacológico dos extratos das partes aéreas da E. tirucalli L., os quais são fontes de compostos bioativos contendo atividade antioxidante e antimicrobiana.

 



MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ALESSANDRO DE LIMA - IFPI
Interno - 1789383 - JEFFERSON SOARES DE OLIVEIRA
Presidente - 1787945 - REGINALDO ALMEIDA DA TRINDADE
Notícia cadastrada em: 26/02/2013 14:35
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 06/03/2021 02:42