Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: TAIANE MARIA DE OLIVEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: TAIANE MARIA DE OLIVEIRA
DATA: 27/06/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de aula Mestrado
TÍTULO: CARBOXIMETILAÇÃO DA GOMA DO CAJUEIRO E DO ANGICO VERMELHO: CARACTERIZAÇÃO E ATIVIDADE ANTIFÚNGICA
PALAVRAS-CHAVES: goma, caju, angico, modificação, atividade fúngica.
PÁGINAS: 58
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

A atividade química foi avaliado através de análises de rendimento, umidade, solubilidade em diferentes solventes e pH, quantificação proximal de grupos ácidos e açúcares ácidos por titulação reversa, identificação de grupos funcionais e grau de substituição (DS) por FTIR (Infravermelho com Transformada de Fourier) e Potencial Zeta por DLS (Espalhamento de Luz Dinâmica) para a avaliação da carga. A atividade biológica foi através do teste antioxidante pelo método de ABTS (2,2’-azino-bis-[3- etilbenzotiazolina6-ácido sulfônico]), atividade hemolítica com o uso de eritrócitos humanos, atividade citotóxica através da técnica de MTT (3-(4,5-dimetiltiazol-2yl)-2,5- difenil brometo de tetrazolina) com as linhagens HCT-116 (carcinoma colorretal) e B16-F10 (melanoma murinho metastático) e atividade antifúngica contra 6 linhagens fúngicas (Trichophyton interdigitale 73673; Trichophyton rubrum 69116; Microsporum gypseum 44030; Candida albicans 10231 e Candida parapsilosis 22019), além do uso da Microscopia de força atômica (AFM) para a observação morfológica da atividade antifúngica das gomas que apresentaram efeitos promissores. Diante da sua caracterização química foi possível observar um alto rendimento dos processos de isolamento, purificação e modificação para os polissacarídeos testados, além de um aumento do percentual de grupos e açúcares ácidos provenientes da modificação. Para a atividade biológica não foi observado efeito hemolítico contra células normais e uma baixa captura de radicais livres. Dentre os resultados a GAC apresentou efeito antifúngico na concentração de 2 mg/mL e a partir do resultado foi realizado a avaliação morfológica por AFM. Em comparação aos polissacarídeos naturais testados (GC e GA), a modificação promoveu melhorias químicas quanto aos grupos ácidos e grau de substituição, aumento do percentual de inibição das células cancerosas, além do efeito antifúngico, esses resultados podem estar associados à estrutura final do modificado. O uso da modificação e da goma como biomaterial contra infecções fúngicas pode ser uma alternativa viável para novas formulações para a biotecnologia.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2140923 - ANA JERSIA ARAUJO
Interno - 1680593 - JAND VENES ROLIM MEDEIROS
Externo ao Programa - 2988366 - SAVIA FRANCISCA LOPES DIAS
Notícia cadastrada em: 06/06/2019 16:22
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb07.ufpi.br.instancia1 06/03/2021 03:13