Notícias

Banca de DEFESA: VICTOR LUCAS RIBEIRO LOPES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VICTOR LUCAS RIBEIRO LOPES
DATA: 25/10/2019
HORA: 14:30
LOCAL: Sala de Aula do Mestrado
TÍTULO: EFEITOS DA ADMINISTRAÇÃO DE Lactobacillus sp. SOBRE UM MODELO ANIMAL DE PERIODONTITE
PALAVRAS-CHAVES: Lactobacillus; Esteatose Hepática; Periodontite
PÁGINAS: 53
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

Probióticos são microrganismos viáveis, o que inclui bactérias lácticas e leveduras naforma de células liofilizadas ou de produto fermentado, que exibem um efeito benéficosobre a saúde do hospedeiro, após ingestão, devido à melhoria das propriedades damicrobiota. Novas pesquisas têm demonstrado uma nova abordagem no uso clínico dosprobióticos na microbiota gengival, na inflamação gengival e na periodontite. Estespodem agir de diversas maneiras como: modular a defesa do hospedeiro, estimular aprodução de antimicrobianos endógenos e competir com bactérias periodontopatogênicas. Alguns estudos demonstraram que a periodontite e alterações na microbiota intestinal podem estar associada a alterações sistêmicas tais como esteatose hepática. Sendo assim, este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da administração de Lactobacillus sp. sobre a esteatose causada pelo modelo de
periodontite induzida por ligadura em ratos. A metodologia utilizada foi o modelo de periodontite induzida com ligadura em ratas. Onde foi investigado o metabolismo ósseo na região de bifurcação do primeiro molar de ambos os lados da mandíbula por meio deanálises histomorfométricas e foi analisado os parâmetros clínicos inflamatórios da periodontite, como: índice de sangramento gengival, índice de profundidade de sondagem e mobilidade dentária. verificou-se os níveis dos marcadores por meio de dosagens bioquímicas no tecido gengival, dosagem da enzima mieloperoxidase,glutationa e malondialdeído. Neste trabalho também foi avaliado o fígado por meio de
análises histopatológicas, onde foi avaliado por meio de escores de inflamação,esteatose e necrose, bem como foi avaliado o esteresse oxidativo por meio das dosagens de glutationa, malondialdeído e o infiltrado neutrofílico por meio da dosagem a enzima mieloperoxidase. Dosagens bioquímicas foram realizadas com o soro dos animais,
como: Alanina aminotransferase, aspartato aminotransferase, fosfatase alcalina,albumina, uréia e creatinina. Como resultado obtivemos que este estudo é o primeiro a investigar a associação entre periodontite, esteatose e uso de Lactobacillus sp. como uma opção de tratamento. Lactobacillus sp. foi capaz de reduzir os parâmetros clínicos
inflamatórios, como índicec de sangramento gengival e índice de profundidade de sondagem, bem como a reduziu o infiltrado neutrofílico no tecido gengival. A análise morfométrica mostrou que houve uma redução significativa na perda do osso alveolar no grupo tratado vcom Lactobacillus sp. A análise do tecido hepático mostrou que o
tratamento com Lactobacillus sp. apresentaram atividade antioxidante, o que pode-se observar através das dosagens de glutationa e malondialdeído. A dosagem da enzima mieloperoxidase revelou que houve uma redução no infiltrado neutrofílico. Por meio da análise histopatológica pode-se avaliar em escores, a esteatose, inflamação, como resultado, os escores de esteatose mostraram diferenças estatisticamente significativa no grupo tratado com Lactobacillus sp. quando comparado com o grupo com Periodontite. Como conclusão, tem-se que o tratamento com Lactobacillus sp. reduziu os parâmetros clínicos e inflamatórios da periodontite índice de sangramento gengival, índice de profundidade e o infiltrado neutrofílico, diminuindo os níveis de mieloperoxidase no tecido gengival. Além disso, o tratamento com Lactobacillus sp. reduziu significativamente o escore de esteatose e melhorou os níveis hepáticos de malondialdeído e glutationa, demonstrando possuir potencial anti-inflamatório e antioxidante.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1750086 - DANIEL FERNANDO PEREIRA VASCONCELOS
Externo ao Programa - 3375434 - MANOEL DIAS DE SOUZA FILHO
Externo à Instituição - ANY CAROLINA CARDOSO GUIMARÃES VASCONCELOS - IESVAP
Notícia cadastrada em: 11/10/2019 09:44
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.sigaa 06/03/2021 02:57