Notícias

Banca de DEFESA: JORDANA MAIA DIAS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JORDANA MAIA DIAS
DATA: 07/03/2014
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de reuniões do Campus Ministro Reis Velloso, UFPI, Parnaíba, PI.
TÍTULO:

GABAPENTINA, UM ANÁLOGO SINTÉTICO DO ÁCIDO GAMA-AMINOBUTÍRICO, DIMINUI A INFLAMAÇÃO AGUDA SISTÊMICA E O ESTRESSE OXIDATIVO EM CAMUNDONGOS


PALAVRAS-CHAVES:

Anticonvulsivante. Inflamação. Antioxidante.


PÁGINAS: 40
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

Gabapentina (GBP), análoga do ácido gama-aminobutírico (GABA), é um fármaco anticonvulsivante, com indicações também para neuralgia pós-herpética e dor neuropática. Existem relatos de que mediadores inflamatórios como IL-1β e prostaglandina E2 (PGE2), bem como o estresse oxidativo podem estar envolvidos na origem e manutenção do processo convulsivo. Existem relatos de que a GBP reduziu o processo inflamatório induzido pela carragenina em ratos. Assim, o objetivo deste estudo foi investigar os efeitos anti- inflamatórios e antioxidantes da GBP em camundongos. A atividade anti-inflamatória e antioxidante foi avaliada utilizando vários mediadores que induzem o edema de pata, o modelo de peritonite, atividade da mieloperoxidase (MPO), os níveis de citocinas pró-inflamatórias, o consumo de GSH e a produção de MDA em camundongos. O pré-tratamento com 1 mg/kg de GBP reduziu significativamente o edema de pata induzido por carragenina e dextrana. Além disso, também reduziu o edema de pata induzido por histamina, serotonina, bradicinina, composto 48/80 e PGE2. No modelo de peritonite induzida por carragenina, a GBP reduziu significativamente a contagem e diferencial, reduziu os níveis de MPO no tecido plantar e as concentrações de IL-1β e TNF-α no exsudato peritoneal. A mesma dose de GBP também foi capaz de reduzir a concentração de MDA e o aumento dos níveis de GSH no fluido peritoneal. Os nossos resultados demonstraram que a GBP exibiu atividade anti-inflamatória em camundongos por meio da redução da ação de mediadores inflamatórios, a migração neutrofílica e os níveis de citocinas pró-inflamatórias. Além disso, restabeleceu os níveis de GSH e reduziu as concentrações de MDA no exsudato peritoneal. Estes achados levantam a possibilidade de que a GBP poderia ser utilizada para melhorar a resistência do tecido aos danos ocasionados durante o processo inflamatório.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1690196 - ANDRE LUIZ DOS REIS BARBOSA
Externo ao Programa - 1750086 - DANIEL FERNANDO PEREIRA VASCONCELOS
Externo à Instituição - LEIZ MARIA COSTA VERAS - UFPI
Notícia cadastrada em: 06/03/2014 08:58
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb04.ufpi.br.instancia1 08/03/2021 20:06