Últimas Notícias
Banca de DEFESA: HIGINALICE DA SILVA PEREIRA
Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: HIGINALICE DA SILVA PEREIRA
DATA: 24/04/2020
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de Aula do Mestrado
TÍTULO: DESENVOLVIMENTO E AVALIAÇÃO DA ESTABILIDADE DE UMA FORMULAÇÃO SEMISSÓLIDA UTILIZANDO EPIISOPILOTURINA COMO PRINCÍPIO ATIVO
PALAVRAS-CHAVES: epiisopiloturina, formulações, estabilidade, liberação.
PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Outra(s)
ÁREA: Multidisciplinar
RESUMO:

A espécie Pilocarpus microphyllus, popularmente conhecida como “jaborandi”, é uma planta nativa das regiões norte e nordeste do Brasil, de grande importância econômica devido à intensiva extração da pilocarpina para utilização pela indústria farmacêutica. Epiisopiloturina (EPI) é um alcaloide extraído de resíduos da produção de pilocarpina e tem demonstrado atividade promissora para doenças negligenciadas, assim como potencial efeito antiinflamatório em testes “in vivo”. Formulações farmacêuticas semissólidas têm como vantagem a sua fácil aplicação, formulação rápida, adesão e aceitação dos pacientes. Levando isso em consideração o objetivo deste estudo foi desenvolver uma formulação semissólida utilizando EPI como princípio ativo, avaliando a estabilidade e seu perfil de liberação in vitro. O alcaloide epiisopiloturina foi cedido para a pesquisa e demais componentes da formulação desenvolvida selecionados com base na literatura. Para avaliação físico-química foram realizados os testes de centrifugação, pH, ciclo gelo-degelo e caracteres organolépticos. Os dados do teste de pH foram analisados pelo teste t e qui-quadrado, e os dados de liberação analisados por regressão linear e aplicados modelos matemáticos. A análise dos demais resultados foi através da estatística descritiva. Os resultados mostraram que no teste de centrifugação, não foi observada separação de fases, seguindo então para os testes consecutivos.  No teste de pH os resultados demonstraram que não houve diferença estatística ao comparar os valores de pH entre o tempo 0 e 30 dias. No entanto, houve diferença estatística entre os tempos 0 e 60 e 30 e 60 dias após a formulação. No teste do ciclo gelo-degelo, após os ciclos a amostra foi centrifugada e foi possível observar uma leve separação de fase. Na avaliação organoléptica observou-se uma pomada de cor branca brilhosa, homogênea e odor de menta, apresentando alterações na cor e aspecto após 60 dias de formulação. Apresentou um perfil de liberação gradual do princípio ativo por aproximadamente 9 horas. Os resultados deste estudo podem contribuir para o desenvolvimento de formulações mais estáveis e um produto com potencial para ser utilizada associada ao tratamento anticâncer.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 841.003.203-10 - LEIZ MARIA COSTA VERAS - UFPI
Interno - 1718303 - DURCILENE ALVES DA SILVA
Externo à Instituição - KELLY SIVOCY SAMPAIO TEIXEIRA - NASSAU

Cadastrada em: 24/03/2020
Mais Notícias
Processos Seletivos Veja abaixo os processos seletivos disponíveis para nosso Programa de Pós-Graduação.
Calendário Fique por dentro dos eventos relacionados ao nosso Programa de Pós-Graduação.
  • 20/02/2020 - 21/02/2020 · Matrícula para o período 2020.1.
  • 02/03/2020 · Início do período letivo 2020.1.
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb03.ufpi.br.instancia1 07/04/2020 10:54