Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: HELDER JOSE SOUZA DO NASCIMENTO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: HELDER JOSE SOUZA DO NASCIMENTO
DATA: 14/12/2018
HORA: 16:00
LOCAL: Museu da Vila
TÍTULO: O PROCESSO DE ELABORAÇÃO DO PLANO MUSEOLÓGICO PARTICIPATIVO DO MUSEU DO TREM DO PIAUÍ, PARNAÍBA: presenças e ausências
PALAVRAS-CHAVES: Gestão Museológica; Patrimônio Ferroviário; Plano Museológico; Diagnóstico Museológico; Museu do Trem do Piauí
PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Museologia
RESUMO:

Nesta investigação-ação nos propusemos a desenvolver com a comunidade residente na cidade de Parnaíba no Estado do Piauí, a elaboração, em caráter participativo, do primeiro Plano Museológico para o Museu do Trem do Piauí, instituição pública mantida pelo Órgão Gestor da Cultura, da Prefeitura de Parnaíba, desde o ano de 2002, quando foi criado com o propósito de salvaguardar acervo da memória ferroviária, oriundo da extinta estrada de ferro do Piauí. O Plano Museológico é uma ferramenta de gestão, que para além de traçar um planejamento estratégico, assume uma natureza política, por nortear a atuação da instituição junto à sociedade. Atualmente, com mais de 3.600 museus, o Brasil tem repensado o papel das instituições museais, e nesse contexto, apenas 25% delas possuem Plano Museológico. Embasamos nosso olhar no Estatuto de Museus, lei 11.904/2009, fruto de recentes mudanças nas diretrizes da política nacional de museus, que deixa claro em seus preceitos a obrigação dos museus no que refere à elaboração e implementação do Plano Museológico. Adotamos também como premissas as perspectivas apresentadas pela Nova Museologia, entendendo o museu como espaço de diálogo, interação e de participação cultural. A pesquisa foi delineada por um conjunto de estudos de conceitos, diagnóstico e intervenções para a elaboração do Plano Museológico com pessoas da comunidade, representantes de órgãos governamentais e da sociedade civil. Para além de participativa, a trama formada entre os que se achegaram ao processo resulta em um serviço e produto colaborativos, que se traduz em Programas e Projetos, idealizados por uma rede de pessoas, que acreditam, a partir desse movimento deflagrador, no modelo de gestão compartilhada, para a promoção do alargamento do processo museológico no Museu do Trem do Piauí, como um espaço vivo, vetor de desenvolvimento humano para a cidade Patrimônio Nacional – tombada à nível federal pelo Iphan desde 2008.  


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 423686 - AUREA DA PAZ PINHEIRO
Interno - 217.303.853-20 - RITA DE CÄSSIA MOURA CARVALHO - ULB
Externo ao Programa - 334.003.425-72 - ROSANA ANDRADE DIAS DO NASCIMENTO - UFSC
Notícia cadastrada em: 07/12/2018 15:22
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 04/08/2020 17:25