Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIANA LUIZA BEZERRA SAMPAIO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIANA LUIZA BEZERRA SAMPAIO
DATA: 28/02/2020
HORA: 16:00
LOCAL: Museu da Vila
TÍTULO: PROJETO ARQUITETÔNICO PARA UM ESTALEIRO ESCOLA NO MUSEU DA VILA Bairro Coqueiro | Luís Correia | Piauí
PALAVRAS-CHAVES: Estaleiro Escola; Museologia de Inovação Social; Patrimônio Cultural; Piauí
PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Museologia
RESUMO:

Neste trabalho, objetivamos elaborar um projeto arquitetônico e seus complementares para um Estaleiro Escola, em uma edificação sem uso social, localizada na Rua José Quirino, em frente ao Museu da Vila, como uma extensão desse equipamento cultural na vila-bairro Coqueiro da Praia, Luís Correia, vinculado ao Programa de Pós-graduação, Mestrado Profissional, em Artes, Patrimônio e Museologia, da Universidade Federal do Piauí. A vila-bairro tem suas memórias e histórias associadas à tradição familiar, sociocultural do ofício e modos de saber-fazer da pesca artesanal e tecnologias de construção de embarcações. Esta proposta de estudo-intervenção tem a pretensão de se realizar a curto, médio e longo prazos. A curto prazo, estamos a realizar com a comunidade local ações sócio educativas para sensibilização e reconhecimento do ofício e modos de saber-fazer, usando ferramentas de educação e interpretação patrimonial e museal, o que inclui rodas de memórias, oficinas de construção de maquetes de embarcações artesanais e seus artefatos e projeto arquitetônico e complementares de uso social do espaço acima referido; à médio prazo, a coordenação do Mestrado viabilizará a captação de recursos para execução do projeto arquitetônico e a longo prazo implantar um estaleiro escola com foco em uma didática de formação de mestres carpinteiros, pintores, ferreiros e mecânicos que possam atuar na produção artesanal de embarcações, a exemplo do que já ocorre no Estaleiro Escola do Maranhão, vinculado ao Instituto Estadual de Educação daquele Estado e no Museu do Mar em São Francisco do Sul em Santa Catarina. O projeto arquitetônico contempla uma marcenaria para o ensino-aprendizagem do ofício de marceneiro, carpinteiro e a formação de aprendizes do modelismo naval, como uma maneira possível de transferência de conhecimentos e ressignificação das tradições, preservando técnicas artesanais ancestrais e as transmitindo às presentes e futuras gerações. Associado às atividades educativas e culturais do Museu da Vila, o Estaleiro Escola auxiliará na realização de oficinas de modelos de embarcações artesanais, educação ambiental e patrimonial, inglês básico, informática, marcenaria, agente de informações turísticas, letramento e operações básicas de matemática. Esta iniciativa tem como referência uma museologia de inovação social, parte do Projeto Matriz “Ecomuseu Delta do Parnaíba”. Como trabalho preliminar, aplicamos um questionário semiaberto na vila-bairro para identificar os moradores que têm habilidades ou pretendem adquirir conhecimentos de marcenaria, carpintaria e modelismo naval; na sequência, realizaremos oficinas diversas, que referimos acima. Esta natureza de trabalho exige da profissional-mestranda uma convivência com a comunidade local, de forma a criar formas de sensibilização para atração dos públicos para a colaboração no trabalho. Estamos a usar técnicas de educação para o patrimônio, de forma a proporcionar aos nossos colaboradores (membros da comunidade local), possibilidades aprendizagem, que lhes permitam conhecer e reconhecer o valor econômico e cultural do patrimônio associado às artes de pesca e construção de embarcações. Ao longo de 2018, ao realizarmos estudos e exercícios na vila-bairro, tivemos a oportunidade de conhecer a comunidade, que guarda um rico patrimônio cultural e natural, com destaque para as artes de pesca, hoje, patrimônio em risco. Notamos a diminuição da quantidade de canoas artesanais na orla da praia (há 100 metros do museu da vila); o distanciamento e não aproximação de jovens da localidade das atividades relacionadas à pesca artesanal, o que inclui as tecnologias de construção de embarcações e seus artefatos, necessidade de afirmar um reconhecimento do patrimônio cultural do lugar que habitam. O Estaleiro Escola do Museu da Vila será um espaço de construção de modelos de embarcações artesanais e de geração de renda, de sensibilização para a produção de conhecimentos, documentação, preservação e comunicação desse ofício e modos de saber-fazer artesanais. O modelismo naval é uma atividade complexa, porém encantadora na qual se reproduz em forma de maquetes, ou seja, em uma escala reduzida, embarcações, utilizando as mesmas técnicas construtivas e materiais similares, aos das embarcações originais.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1364260 - JOSENILDO DE SOUZA E SILVA
Externo ao Programa - 332.495.397-91 - LUIZ PHELIPE DE CARVALHO CASTRO ANDRÈS - IFMA
Presidente - 217.303.853-20 - RITA DE CÁSSIA MOURA CARVALHO - ULB
Notícia cadastrada em: 20/02/2020 17:21
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 25/05/2020 03:42