Notícias

Banca de DEFESA: REJANE FONTENELE DE SOUSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: REJANE FONTENELE DE SOUSA
DATA: 23/09/2022
HORA: 10:00
LOCAL: Museu da Vila
TÍTULO: AÇÕES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA ESCOLINHA DA BIODIVERSIDADE DO MUSEU DA VILA, LUÍS CORREIA, PIAUÍ, BRASIL
PALAVRAS-CHAVES: Museu da Vila; Escolinha da Biodiversidade; lixo; educação ambiental; educação patrimonial.
PÁGINAS: 133
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Museologia
RESUMO:

Esta pesquisa, desenvolvida na Área de Proteção Ambiental Delta do Parnaíba, traz a temática Educação Ambiental como norteadora das ações desenvolvidas, com focono lixo, pois é um problema sempre atual e que requer muita atenção de toda a sociedade devido os impactos que o mesmo causa ao meio ambiente. Este trabalho apresenta as ações desenvolvidas no projeto Escolinha da Biodiversidade do Museu da Vila, um museu de comunidade, equipamento cultural com sede na vila de pescadores artesanais Coqueiro da Praia, Luís Correia, estado do Piauí. Nestes estudos e intervenções, o objetivo é potencializar, em tempos de crise sanitária mundial causada pela COVID-19, o projeto Escolinha da Biodiversidade, do Programa Educativo e Cultural do Plano Museológico do Museu da Vila, órgão suplementar da Universidade Federal do Delta do Parnaíba. O delineamento metodológico adotado é uma abordagem qualitativa, do tipo pesquisa-ação-participativa, pesquisas bibliográfica e documental. As fontes de consulta para embasamento teórico são artigos científicos, teses, dissertações, livros, legislações, sites e documentos institucionais (resoluções, regimentos, fichas de matrícula) da Escola Professora Carmosina Martins da Rocha e da Universidade Federal do Delta do Parnaíba. A coleta de dados percorre desde a aplicação de questionários, realização de rodas de conversa até as oficinas educativo-culturais com foco no lixo, na educação ambiental e patrimonial. Os participantes da pesquisa são sete crianças com idade de sete anos e suas famílias, residentes no bairro Coqueiro da Praia. Para a análise de dados há um diálogo entre os princípios norteadores da Escolinha da Biodiversidade que perpassam pela educação patrimonial e os contributos para a museologia social, assim como pela educação ambiental como mecanismo para a transformação social. Como resultados, a pesquisa descortina a relevância das atividades desenvolvidas para a construção de valores, conhecimentos, habilidades, atitudes e competências voltadas para a proteção ambiental, como também a importância do protagonismo infantil junto à comunidade através da disseminação de informações e práticaseducativas sobre meio ambiente com ênfase no lixo. Conclui-se que nos espaçosonde a educação está presente, o seu poder de transformação social é notório, pois através da Escolinha da Biodiversidade é possível perceber as mudanças de atitudedos participantes junto ao meio ambiente, a partir dos momentos vivenciados coletivamente.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 423686 - AUREA DA PAZ PINHEIRO
Externo ao Programa - 033.625.847-05 - LUCIANA FERREIRA DA COSTA - UFPB
Interno - 00.000.00-/2071-26 - MARIA DE FÁTIMA PEREIRA ALVES - UNIPORTO
Notícia cadastrada em: 13/09/2022 09:49
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 19/06/2024 07:55