Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: BRENDA DE SOUZA VIEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: BRENDA DE SOUZA VIEIRA
DATA: 14/03/2024
HORA: 15:00
LOCAL: UFDPAr
TÍTULO: PLANEJAMENTO E CURADORIA DA EXPOSIÇÃO INDIVIDUAL SENTIDOS DE YOLANDA CARVALHO
PALAVRAS-CHAVES: Museologia Piauí; xilogravura; curadoria; tecnologias assistivas em exposições; Yolanda Carvalho.
PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Museologia
RESUMO:

Esta pesquisa se insere no campo da comunicação museológica, se concentra na curadoria colaborativa da exposição individual de Yolanda Carvalho, artista renomada na xilogravura, educadora e mestranda do Programa em Artes, Patrimônio e Museologia. O objeto de comunicação da arte da xilogravura da artista, sua poética, estética, simbologia, significados e o processo criativo no Piauí. A equipe responsável pela Exposição, nomeada “Sentidos” foi motivada pela ausência, ao longo de mais de 50 anos de trabalho da artista, de uma exposição individual. Com a curadoria da Exposição se apresentou a vida e obra de Yolanda Carvalho, agraciada em 2023 com o Prêmio Funarte Mestras e Mestres das Artes, reforçando o impacto do trabalho da Pesquisa à Exposição. O trabalho, de natureza inter e multidisciplinar, destacou a linguagem artística da xilogravura e sua concretização só foi possível pela colaboração entre professoras-orientadoras, mestrandas e museóloga da Galeria Terra Siena. O que se pretendeu foi a construção da narrativa artística e educacional da artista por meio da curadoria colaborativa da Exposição Sentidos. Este trabalho está associado a outros três projetos do mesmo mestrado, com o objetivo de aplicar o ciclo de vida da museologia em espaços além do museu, como galerias e ateliês de artistas. A metodologia envolveu curadoria coletiva, com participação ativa de Yolanda Carvalho e mestrandas, explorando áreas específicas como tecnologias assistivas, documentação e curadoria. A Exposição "Sentidos" ocorreu em junho de 2023 na Galeria Terra Siena, na cidade de Teresina, que foi um laboratório para experimentar acessibilidade em espaços expositivos. As tecnologias assistivas foram implementadas com sucesso, enquanto a documentação e conservação preventiva do acervo fazem parte do trabalho da mestranda Aracely Lucena e a curadoria foi realizada por Brenda Vieira, autora deste texto que se apresenta para avaliação na etapa de qualificação. O trabalho conjunto representou uma abordagem colaborativa na curadoria, enriquecendo a experiência da exposição e promovendo reflexões sobre acessibilidade, documentação, conservação e comunicação do patrimônio artístico, contribuindo para a construção do conhecimento na memória coletiva.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANNA PAULA DA SILVA - UFBA
Presidente - 423686 - AUREA DA PAZ PINHEIRO
Interno - 217.303.853-20 - RITA DE CÁSSIA MOURA CARVALHO - ULB
Notícia cadastrada em: 04/03/2024 11:50
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - STI/UFPI - (86) 3215-1124 | © UFRN | sigjb05.ufpi.br.instancia1 24/06/2024 14:17